sábado, 26 de dezembro de 2009

Retrospectiva 2009


Todo ano costumo fazer uma retrospectiva dos acontecimentos, do que errei e do que aprendi. Mesmo antes de ter blog, sempre escrevia num caderninho a retrospectiva do ano. É meio como um costume na minha vida. Porque o melhor disso é reler depois e ver no que e como mudei…
Esse ano foi o ano da colheita. Colhi tudo que plantei em 2008. Recebi todas as graças que pedi na virada do ano. E antes de mais nada, tenho que agradecer à Deus por me provar a cada dia que Ele só quer o meu melhor e eu posso confiar de olhos fechados. Que mesmo quando tudo parece estranho, no final, dá tudo certo simplesmente porque confiei, esperei e consegui.
Percebi que meu maior problema é a ansiedade. Sofro por antecipação, durante e depois do problema. Antes porque eu fico imaginando quando vai ser, durante porque está sendo e depois porque fico remoendo o que já passou. E sabiamente, Deus me enviou lições que me ensinaram a aprender a controlar minha ansiedade. Não estou curada, mas já dei um grande passo que foi identificar um problema. Agora acho que com o tempo, vou aprender cada dia mais à lidar com certas situações.
Aprendi a viver um dia de cada vez como se fosse o último. Por essa ansiedade, passava tempo demais pensando no futuro e esquecia de viver o presente. Agora o futuro pra mim é só um sonho e o que eu quero mesmo é saber do AGORA. Se o futuro não sair como eu planejo, não vou sofrer. Ou, posso até sofrer. Mas vou entender que seja lá o que acontecer, vai ser melhor pra mim depois. Aprendi…na verdade eu já sabia, mas não colocava em prática na real. Mas “aprendi” que Deus só quer meu bem e eu tenho que confiar seja lá o que acontecer. Agora não tenho mais medo do futuro. Agora quero viver o AGORA. Amanhã é tarde demais…
Acho que vou fechar o ano mais confiante. Com mais fé. Mesmo que ela me falte às vezes ou eu esqueça por alguns segundo. Dentro de mim cresce à cada dia o amor à Deus e a confiança na vida. Sei que no fim tudo dá certo.
Esse ano foi um ano de inversão de valores também. Coisas que eu achava errado ou dizia não ser pra mim, aprendi que de outro ângulo não só serve, como é muito melhor também. E que analisar as stiuações e tentar enxergar o outro lado é fácil, válido e pode me ajudar muito.
Ano passado terminei o ano me perguntando o que eu queria para 2009. Esse ano termino sabendo tudo o que eu quero para 2010, mas, mais tranquila sabendo dar um passo de cada vez.
Quero agradecer á todos que passam sempre por aqui e deixam palavras de conforto, conselhos e pontos de vistas diferentes dos meus, mas que me fazem analisar e pensar por outro ângulo.
Que Deus ilumine à todas as pessoas do universo. Mais tolerância, compreensão e amor.

Que venha o ano novo!!

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

MEU MEIO MILAGRE


Eu disse!! Eu disse!! Que ia acontecer um milagre…ta certo, não foi bem um milaaaaagre…mas digamos que foi uma solução alternativa. O importante foi que salvou meu natal. E se eu tinha 10% de ter um bom natal, agora eu tenho 98%.
Tá certo que essa alternativa pode um pequeno probleminha no futuro (lê-se dívida)…mas é natal e é melhor ser assim do que nada.
(Papo de gordinha): durante a minha eterna dieta aprendo várias cosias. E acreditem, não é viagem, mas essas coisas que aprendemos em pequenos gestos e levamos para a vida, nos ensinam muito. Mesmo parecendo besteira. E com uma besteira, tirei uma lição. Eu adoro comer né…e antigamente eu sempre guardava a melhor parte pro final. Só que quando chegava no final, normalmente eu tava cheia já (sim, eu sou balão pra ficar cheia!) e não comia a melhor parte com o mesmo sabor. Comia pq “tinha” que comer. Mas a vontade mesmo já tinha passado. Ou seja, eu acabava comendo mais do que o necessário, engordava e ainda não sentia o prazer da degustação como deve ser. Então passei a comer a melhor parte primeiro. Assim eu sentia o verdadeiro gosto da verdadeira vontade e quando não aguentasse mais comer, podia parar. Já que a melhor parte eu já tinha traçado né! Hehehehe e isso me ajudou a comer menos, consequentemente a emagrecer. E agora, é exatamente o que eu vou fazer: comer a melhor parte e deixar a parte chata pra depois…(Lê-se viver hoje e amanhã eu resolvo!).
Quando eu terminei de postar “à espera de um milagre” naquele dia, entrei no msn e conversei com uma amiga minha sobre meu problema. Na verdade não é uma amiga..é uma irmã. Amiga de infância. E ela me deu uma solução. Vou me individar um pouco, mas eu já tenho uns bicos fechados durante o verão e vai dar pra recuperar de boa depois. (Atenção portugueses: bicos no Brasil = free lance). E atenção brasileiros: fazer bico em Portugal é o mesmo que fazer boquete! Por tanto, nunca cheguem em Lisboa e perguntem a um português se ele consegue um bico pra vc fazer…hehehe pq senão ele vai arrumar um na hora!! Uahuahuahua
Ah, os 2% de chance do meu natal ser ruim, ficará por conta da preocupação. 2% de preocupação ta bom vai…
Ta certo que o milagre que eu tava esperando era o dinheiro cair do céu. Ou ganhar de mamãe noel! Hehehe mas como não foi possível, tá valendo! Quem nunca faz dívidas que atire a primeira pedra. A não ser que seja rico né…aí são outros 500..rs..Esse negócio de décimo terceiro e férias de empregada me quebrou. Agora décima terceira mesada ninguém inventa!! Rsrsrs
Mas se Deus quiser e Ele vai querer, em 2010 eu vou ficar rica!! Nem que seja meia rica…rsrsrsrs e meus problemas financeiros vão acabar de vez!! Aprendam uma coisa: quando forem pedir trabalho no reveillon, peçam dinheiro também. Senão o trabalho vem, mas o dinheiro que é bom nada!! Dessa vez eu vou pedir DINHEIRO…se ele vier sozinho, sem trabalho como sempre foi (trabalho sem dinheiro), estarei no lucro!! Huahauhauahua

See you later!

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

À espera de um Milagre!

Acho que antes de eu nascer, Deus virou pra mim e disse:
- Com emoção ou sem emoção?
E eu animada respondi:
- COM MUITA EMOÇÃOOOOOOOOOOOOO!
Só pode. Porque eu nunca vi uma coisa assim. Tudo na minha vida acontece de uma forma diferente. Minhas coisas são sempre improvisadas, de última hora e inesperadas. Eu não podia ter uma vida normal como todo mundo? As coisas na minha vida não podiam ser mais previsíveis? Minha vida é uma novela. Variando entre malhação e novela das oito e passando de vez em quando em vale a pena ver de novo. É onde está agora. Já vi essa novela antes:
Um certo natal, eu estava sem esperanças, com muitas vontades e muitos sonhos. Achando que terminaria o ano do mesmo jeito, as coisas mudaram de um dia pro outro literalmente. Minha vida girou em 360º inexplicavelmente. Agora me vejo da mesma forma como naquele natal. Com sonhos, desejos, mas tudo isso parecendo mais longe que o próximo natal. Digamos que as chances que eu tenho de conseguir o que eu quero sejam de 10% pra não dizer zero.
Cheguei a me sentir mal por desejar coisas materiais como “tudo que eu preciso na vida pra ser feliz” no momento, enquanto pessoas precisam apenas do básico que eu tenho, que é amor, carinho, comida e teto. Fiquei pensando ontem antes de dormir, como eu pediria a Deus as coisas que eu queria nesse natal. E entre esses pensamentos, me veio na cabeça as reais necessidades dos seres humanos e me senti fútil diante de tanto sofrimento na Terra. Mas lembrando dos meus conhecimentos espirituais, me dei conta que Deus é justo e cada um só tem àquilo que merece. Cada sofrimento faz parte do adiantamento de cada um. E o que cada um passa é necessário para sua evolução. E por mais que eu sinta piedade e compaixão, só posso fazer o que está ao meu alcance. Então, ao invés de pedir que acabe com o sofrimento dessas pessoas, pedi apenas que Deus lhes dê uma oportunidade de consertarem suas falhas e que possam assim aliviar seus sofrimentos. E quanto a mim, tentei encontrar algum motivo para que eu não merecesse receber as graças que desejo. E fazendo uma retrospectiva do ano, acho que fui uma boa menina. E mereço ganhar meus presentes! E mesmo parecendo impossível diante da minha situação e do pouco tempo que falta pro ano acabar, me lembrei do ano em que me vi do mesmo jeito e consegui.
O que acontece é que a desesperança é como uma erva daninha. Que vai matando toda nossa fé até ficarmos completamente na escuridão e não mais acreditarmos que algo seja possível. Porém, a fé é como a chama de uma vela. Que mesmo sendo pequena é capaz de iluminar um quarto inteiro escuro. É apenas necessário acendermos a pequena chama. Que logo ela irá iluminar toda nossa escuridão. Entretanto, eu sei que não é fácil achar essa minúscula chama quando a plantação foi completamente estragada. É preciso buscar em algo, uma sementinha pra que possamos plantar em nossos corações, para a partir daí, tenhamos a força necessária para reaver a nossa fé. Em suma, tudo que precisamos é de fé. Tudo que EU preciso é de fé. Ter fé é como um exercício de matemática. Se não exercitar todos os dias, acabamos por esquece-la.
E como faltam poucos dias pro ano terminar e teoricamente será impossível eu conseguir o que eu gostaria, a única coisa que pode me salvar agora é um milagre. Que eles existem eu não tenho dúvidas. Pois como já disse, já vivi essa história antes. E ele (o milagre) aconteceu. Mas milagre sem fé é como futebol sem bola. Então acho que eu preciso procurar essa sementinha em algum lugar o mais rápido possível. Talvez Deus esteja tentando me dar esses presentes de alguma maneira, mas não está conseguindo porque eu não estou fazendo a minha parte. E a minha parte é tão simples! É só acreditar…é só ter fé…
Consciente disso, agora já sei o que posso fazer. E vou fazer. Pois meu milagre está a caminho e eu preciso estar pronta para recebê-lo. Não tenho mais tempo a perder. Só faltam 3 dias pro natal.
Hasta la vista!

Boo!

P.S.: Rebeca minha linda, eu não recebi nenhum e-mail seu. Manda pra brunacarvalholiveira@hotmail.com! Beijão.

P.S.2: Obrigada pelas visitas e comentários. Vocês fazem uma nerd feliz. :)

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

OI VELOX 3G: A PIOR INTERNET DO MUNDO


VENHO AQUI MOSTRAR MINHA INDIGNAÇÃO DIANTE DO PIOR SERVIÇO DO MUNDO: A OI VELOX 3G.

1- ELA SÓ FUNCIONA QUANDO QUER!

2- NAO EXISTE SUPORTE TECNICO: Você liga, espera 10 minutos pra ser atendido; 6 minutos pra "verificarem o sistema" e quando finalmente você consegue fala o que quer, eles dizem que vão transferir a ligação...depois de muitas transferências e vc diz que sua internet nao está funcionando, das duas uma: ou vão dizer que o sistema está fora do ar, ligue em 30 min; ou que o problema está em seu computador, que lá está tudo normal.

AÍ VC PAGA ESSSE SERVIÇO CARO COMO A PORRA PRA QUE?? PRA JOGAR DINHEIRO NO LIXO!!

Eu sei que eu estar aqui falando, nao vai mudar nada. Vai ser um trabalho de formiguinha, mas de grão em grão a galinha enche o papo. E pelo menos alguns clientes eles vão deixar de ganhar!!

Quando eu estava procurando uma imagem, me deparei com essa outra denuncia:


É Oi, sua máscara vai cair!! SUA OPERADORA FILHA DA PUTA DESGRAÇADA!! VAO ROUBAR DINHEIRO DA MAE DE VCS SEUS MERDAS!!

grrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Vida após orkuticídio



Achei que no dia seguinte que eu deletasse o orkut, me arrependeria. O orkut é muito mais que uma rede de amigos...é a sociedade em que vivemos...acho que em meados de 1800 e bolinhas, existiam eventos onde as pessoas se reuniam na sociedade. É claro que hoje em dia tbm existem outros tipos de eventos...mas o lugar onde as pessoas se encontram de verdade, é no orkut. É encontro virtual.

No primeiro dia, durante conversas e situações com amigos, me lembrei várias vezes do orkut. Lembrei de alguém e pensei: "vou mandar um scrap.." mas em seguida me lembrei que não tinha mais orkut. Em outros momentos, me lembrava das comunidades...como elas expressam nossos sentimentos...estava eu lendo a veja e me indignei com uma matéria...como a veja é cara de pau e se acha dona da razão. E me lembrei da comunidade "leu na veja? azar o seu..." Por que tudo remete à uma comunidade? É incrível como todos os sentimentos e expressões remetem à uma comunidade...

To até parecendo uma drogada em crise de abstinência né...rs...mas todas as lembranças são para me provar exatamente o contrário: que a vida é muito melhor SEM orkut.
Em alguns dias que estou sem orkut, vi mais amigos pessoalmente que em anos que passei COM orkut. No lugar de mandar um scrap, na falta de opção, tive que LIGAR. Isso significa que vc falar com a pessoa pelo telefone é muito mais HUMANO que simplesmente mandar um scrap. E do telefone para se ver pessoalmente é um passo. Vi uma amiga que eu nao via há anos e passei algumas tardes na casa de meu amigo que eu falava mais pelo orkut. Mas ambos sem orkut, resolvemos nos ver. E tivemos tardes divertidíssimas PESSOALMENTE.

Cheguei a conclusão que o orkut só serve pra vigiar namorado. hahaha e como meu namorado não tem orkut, então eu estava mesmo perdida ainda dentro da rede.
Ahhh é tão bom entrar na internet e só checar os emails!! É tão bom saber que não tem ninguem mais sabendo se vc está triste ou feliz a nao ser seus amigos que vc convive ou no máximo tem seu msn! E é melhor ainda estar mais próximo das pessoas que vc ama PESSOALMENTE, sem a tela fria entre as pessoas.

Bem, eh isso...só bobagens mesmo...sem nada serio pra falar ou contar....a idéia é viver mais e falar menos!! Viver mais e imaginar menos...

;)

Uma semana iluminada à todos que passarem por aqui!!

beijossssss

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Orkuticídio



Cometi orkuticídio!! Acho que pela 3 ou 4 vez... e espero que dessa vez seja a última e eu não volte mais!! O orkut é um vício. É bom eu não nego. Sempre gostei e sempre foi a primeira coisa que eu fazia quando entrava na internet. Mas ao mesmo tempo que é bom, que você mantém contato com seus amigos diariamente e tem sempre notícias das pessoas mais distantes, é também uma prisão. É como se vc tivesse que provar alguma coisa o tempo todo. É uma cobrança oculta de mostrar quem vc é, o que vc gosta, como vc está...
Sofro de curiosidade mórbida e adorava fuçar a vida alheia. Alguns profilies eram como uma novela pra mim. Eu sabia quando os namoros começavam, terminavam, trabalhos, festas, amigos...tem gente que é realmente interessante. Mesmo que eu nao conheça, nunca tenha visto na vida, mas acho a vida da pessoa interessante. Já cheguei até a me sentir amiga de certas pessoas e tomar as dores de outras, só de ver injustiças e falsidades pelo orkut. Eu acredito que todo mundo que tem orkut seja assim como eu. Goste mesmo de fuçar a vida alheia. Porém, vamos combinar, isso é bem ridículo. Eu não tenho nada a ver com certas vidas e não posso ter um orkut só pra isso. Porque por outro lado, eu odeio me expor. Fico imaginando se existe alguém que me fuça sempre. Só que eu juro, que de todas as pessoas que eu fucei na minha vida, foram pessoas que achei a vida interessante e até poderia me tornar amiga dessas pessoas. Pessoas que eu não gosto, nem chego perto. Se clicar sem querer, saio logo da página pq acredito que pode me trazer energia negativa. Então prefiro me manter longe. Só gostava de fuçar pessoas do bem. Pessoas com boas energias. Eu levo muito a sério esse negócio de energia. É como uma tradição pra mim. Nos dias que eu pensei "ah isso é besteira..nao vou me apegar a isso", me fudi. Alguma coisa de ruim aconteceu. Então, levo isso comigo pra onde e o que eu fizer. Energia em primeiro lugar!
E do outro lado, eu não sei quem está me fuçando. E não que eu queira atribuir as coisas ruins da minha vida em inveja e energias negativas... mas isso tem sua parcela de ajuda. E o que eu puder cortar de ruim, farei. Pq fuçar é legal. Agora ser fuçado é muito chato. Tudo tem seu preço. E eu não quero pagar o preço pra ficar fuçando a vida de ninguém. Além do mais, eu conheço muita gente que nao tem orkut e é muito feliz e não sente a menor falta!!
É muita exposição da figura gente...antigamente, há uns 4 anos atrás, somente seus amigos íntimos tinham acesso à sua vida. Hoje em dia, qualquer perfil de festa te adiciona. Ainda mais eu que sou dessa área. E eu acho assim: se está na chuva é pra se molhar. Esse negócio de ficar negando as pessoas que vc conhece só pq não é tão íntima, é desagradável. Esse negócio de fazer orkut escondido e só adicionar os vips é hipocrisia. Ou está no orkut e dá a cara pra bater, ou então sai. Agora ficar escondidinha fuçando a vida alheia e escondendo a sua é coisa pra gente medíocre. Ou eu tô 100% ou não tô. Não sou mulher de me esconder. Prefiro ficar de fora a ter que fingir pros outros que não estou. Odeio quando vejo um orkut pedindo privacidade e com frases do tipo: "vá cuidar da sua vida". Ah vai tomar no cú isso sim. Como se essa pessoa nao cuidasse da vida alheia!! Pimenta no cu dos outros é refresco né? Pois eu não sou assim. Se fuço o dos outros, coloco o meu na reta tbm. Não sou mulher só para os outros verem. Sou até entre quatro paredes. E mantenho meus princípios mesmo que ninguém possa ver. Quer dizer, ninguém não..pq o cara lá de cima tá vendo tudo né!! E quem é hipócrita na besteira que seja, paga!! Aqui se faz, aqui se paga. Em tudo na vida. Ilusão de quem pensa que "ninguém ta vendo".
E diante dos meus princípios, achei melhor deletar o orkut. Não quero expor minha vida e por tanto não tenho mais o direito de ver a vida de ninguém. Claro que continuarei com meu blog. E aqui sim, posso expor à vontade, pq continuarei fuçando os blogs alheios! rs...
Msn é outra coisa que estou kizilada! Mas voltarei a entrar agora que não tenho mais orkut!! E e-mail...ah o e-mail!! Que saudade eu tenho do tempo em que se enviava e-mails diariamente!!! rs...pois voltarei com esse hábito!!

Beijão pessoal e voltarei a postar com mais frequencia nos dois blogs!! ;)

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Dica de leitura:



Acho que o maior problema do ser humano é a IGNORANCIA. É incrível como as pessoas adoram dizer que não acreditam em alguma coisa, simplesmente pq essa coisa é diferente do que se aprendeu na sua vida particular LMITADA. Acho inclusive, que quem tem o DIREITO de dizer que não acredita ou não aceita, é quem já leu, quem já procurou saber, é quem pode opinar. Acho um absurdo pessoas julgarem uma ideia pela qual não se teve nem o trabalho de conhecer.

Esse livro fala sobre REENCANAÇÃO. É uma prova que ela existe. E o mais interessante, é que quem escreveu não foi nenhum espiritualista. Foi um psiquiatra, cientista americano que era completamente CÉTICO antes de viver as experiências que ele conta no livro. Ele tem vários títulos em várias universidades consagradas na América e passou a vida inteira sem acreditar no mundo oculto. Mas depois da experiência que teve com uma paciente, não só mudou de ideia, como colocou a cabeça na forca ao publicar esse livro. Hesitou muito pois teve medo de seus colegas terem preconceito com suas revelações. Mas assim como grandes nomes morreram queimados por tentarem mostrar verdades que hoje são comprovadas, ele tomou coragem e deu a cara pra bater. E seu livro hoje, é uma referência para esse tipo de estudo.

Ainda pretendo falar muito sobre esse assunto. Quem nunca se interessou ou simplesmente viveu num seio onde esse assunto é um tabu, deve se informar pra depois tirar suas próprias conclusões. E quem já leu e não acredita, no mínimo não achou respostas mais convincentes pra explicar a vida. Mas resiste à novas ideias pq é mais cómodo acreditar que nunca vivemos antes, por tanto nosso sofrimento agora é injustiça e não devemos nada à Ele. E nem vamos viver mais, por isso não tenho porque fazer certas coisas, já que quando eu morrer irei acabar mesmo…

Ok. Cada um acredita naquilo que for mais conveniente pra si…mas convido à todos que ainda não se abriram a essas ideias, a tentarem conhecer. Antes que a sua vida seja esmagada por essa verdade de uma maneira dura e sem tempo pra maiores explicações.

Temos que desenvolver todos os nossos sentidos e procurar evoluir não é? A evolução não consiste apenas em conhecimentos culturais, sentimentais e familiares. É acima de tudo, ESPIRITUAL. E quanto antes as pessoas se tocarem disso, maior serão as chances de consertarmos o caos que anda o mundo.

Tenho dito..

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Eu sou Shee-ra!


Longe de ser uma santa, dentre tantos defeitos, acho que meu maior defeito é o rancor. Acho que pior que o rancor é a vingança. Sei perdoar e acho bonito quem tem coragem de pedir perdão. Acho que nunca neguei um perdão sequer. Todas as pessoas que me pediram perdão foram perdoadas. Mas quem me fez mal e nada fez pra mudar, não deixei passar em branco. Não que eu tenha feito planos mirabolantes pra me vingar. Longe disso. Mas nunca fingi que nada aconteceu e no mínimo abri guerra com palavras e ofensas. Mas em branco nunca. Eu não consigo esquecer ou enquanto não perdoou ou encho a pessoa de desaforos. Ou uma coisa ou outra. Ignorar não é meu forte. Não sou evoluída ao ponto de perdoar sem que me peçam perdão. Nem muito menos a esquecer e continuar a vida. Enquanto não resolvo a pendenga, não paro de pensar no acontecido, remou a raiva e guardo rancor o resto da minha vida, até no mínimo jogar na cara da pessoa tudo que eu penso. Pareço até um monstro falando assim né? Mas esse é meu outro lado. Lado esse HUMANO..e não me culpe por isso. Muito pelo contrário. Acho inclusive que como tudo na vida, ele tem o lado bom. O lado da JUSTIÇA. ~

"Se você treme de indignação perante uma injustiça no mundo, então somos companheiros." (Che Guevara).

Sou parceira. Sou justiceira. Não sou do tipo de fazer justiça com as próprias mãos. Muito pelo contrário. Confio na justiça de DEUS e sei que essa nunca falha. Mas o que eu puder fazer – dentro da justiça dos homens – pra fazer justiça com uma injustiça, farei. No mínimo lição de moral. Mas deixar pra lá, never!
Vou resumir a historia:
Ontem coloquei meu carro na garagem que não tinha morador no apartamento. Mas compraram o apartamento e tem um novo morador. Mas eu não sabia. Intransigente, ao invés dele me interfornar e pedir pra eu tirar meu carro, ele simplesmente furou meu pneu. Quando liguei pra ele pra tirar satisfações, ele me chamou de puta e galinha. Estou resumindo a história, mas foi muito pior do que isso. Ele me disse coisas horríveis, tudo isso por causa de uma simples garagem. Como uma pessoa é capaz de prejudicar a outra de graça, simplesmente pra se sentir o maior? Mas esse filho da puta não perde por esperar. Porque eu vou processa-lo por danos morais e financeiros. Posso até não ganhar nada em dinheiro. Mas um transtorno ele vai ter. E vai pensar duas vezes antes de mexer com uma mulher. Esse covarde só fez isso comigo pq sou mulher. Porque quando meu namorado ligou pra ele, ele desligou o telefone na cara dele como uma PUTA. Homem puta. Eu to cansada de homens putas. Já me bati com vários minha vida inteira. Por ser mulher, chegar sozinha em lugares e homens se aproveitarem da minha condição de mulher pra serem estúpidos e demonstrarem masculinidade. Mas isso pra mim não é masculinidade. Homem com H maiúsculo só se mete com outro homem. Mas homem PUTA, só briga com mulher. Porque com outro homem ele não pode.
Tive insônia essa noite só me lembrando das palavras dele no telefone me xingando. Morri de calor pq meu sangue esquentou e eu fiquei inquieta na cama. Ah se ele tivesse na minha frente naquela hora. E fiquei imaginando ele aparecendo na minha frente, tudo que eu ia falar. O chute que eu ia dar nos ovos dele o dois tapas na cara. Um pelo galinha e outro pelo puta. Quem ele pensa que é pra me xingar?? Por a caso esta vendo a MAE dele aqui?? Grrrrr paralelo a esses pensamentos, meu lado bom me dizia pra esfriar a cabeça, ter calma e paciência pra esperar a justiça. Fazer as cosias na lei, pra não perder a razão. E nesse conflito interno, vi o dia amanhecer. Desculpe meu Deus, mas longe de ser uma cobra (que tem o sangue frio –literalmente), sou uma leoa. De sangue quente. E não sei respirar fundo e contar a té dez. Sou intensa e impulsiva. E nunca conseguiria entrar com ele no elevador e não falar, nem fazer nada. Então, orei pra que ele não aparecesse na minha frente pelo menos durante os próximos 5 dias. Que é o tempo pra eu digerir o que aconteceu e esfriar a cabeça. Aí sim, poderei ser calculista pra fazer as coisas como devem ser feitas sem perder a cabeça.
Quando fui sair hoje de manhã, ia colocar uma saia. Mas vai que ele aparece na minha frente. Preciso das minhas pernas livres pra chutar ele até não poder mais. Coloquei uma bermuda strexe (sei la como escreve isso) pra poder movimentar bastante. Êa capoeira!! Sempre treinei duro, pq um dia posso precisar. Vai que é agora…juro que vou fazer o possível pra respirar fundo. Mas estarei preparada também pra o que der e vier. Ele não sabe com quem se meteu. Pensou que essa mulher baixinha com cara de menina ia engolir a seco todas as ofensas?? No dia que alguém me ofender e eu baixar a cabeça, me interne. Provavelmente estarei louca.

Ufa! Esse desabafo me fez me sentir melhor. To menos stressada. Agora é esperar pra ver.

Até.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Querer é poder


Quantas vezes reclamos que não temos isso ou aquilo. Que não sei quem tem tudo e nós não temos nada. Que fulano se deu bem na vida e nós estamos do mesmo jeito. Que não sei quem é tão novo e já conseguiu? E nós? Por que estamos do mesmo jeito?
A verdade é que reclamamos por coisas que nem sequer tentamos. Lamentamos por aquilo que nunca tivemos. Sentimos saudade daquilo que nunca vivemos. E cobramos da gente vitórias que nunca tentamos. O que a gente tem que perceber é que só podemos ter aquilo que realmente queremos. Como vamos ter algo que nunca procuramos? Ou mesmo nunca pensamos em querer?
Mas só nos damos conta de que queremos ou podemos sonhar, quando vemos alguém tendo primeiro. Uma vontade pode partir de uma inveja. É mentira quem disser que nunca sentiu inveja. Todo mundo sente inveja em algum momento da vida. É normal. É do ser humano. Mas a diferença de quem sente inveja em algum momento e quem é invejoso por natureza, é que quem passa por esse sentimento logo se sente culpado por isso. E quem é invejoso deseja o mal, a desgraça e o fracasso alheio.
Aos que se sentem culpados, não é preciso tanto. Temos que aceitar todos os sentimentos ruins que sentimos. Enquanto negarmos algum sentimento inferior ele nunca sairá da gente. Mas depois de admitir que ele existe, aí sim poderemos transforma-lo em algo positivo. Inveja em sonho. Ódio em compaixão. Raiva em compreensão. Medo em fé. Mas o principal é não mentir pra si mesmo. Porque se você mente pra si mesmo, jamais terá controle sob sua própria vida. E sempre algo vai te incomodar e nem mesmo você saberá o que é. Reconhecer e aceitar sentimentos é o primeiro passo pra realizarmos tudo que quisermos. Porque só quem se conhece de verdade é capaz de ser feliz de verdade. Não importa se os outros não te aceitam como você é. O importante é VOCÊ se aceitar por inteiro. Porque só quando você estiver feliz sozinho, você será capaz de fazer os outros felizes e consequentemente terá forças pra realizar os SEUS sonhos.
Isso é estar bem resolvido. É ser bem resolvido. E só as pessoas bem resolvidas sentimentalmente serão pessoas bem sucedidas na vida financeira, profissional e amorosa.
Por isso, antes de tentar realizar qualquer sonho e correr atrás de uma ambição, temos que arrumar o que acontece por dentro de nós. Pra só depois arrumar o que está do lado de fora. Nada pode dar certo se nosso interior não está 100%. E só depois disso, teremos força pra almejar o que quisermos. Mesmo algo que pareça impossível. Tudo é possível. Basta em primeiro lugar QUERERMOS, nos acharmos MERECEDORES daquilo. Pq se nós mesmos acharmos aquilo muita areia pro nosso caminhão, nem mesmo Deus poderá nos dar. Pois Ele só nos dá o que a gente quer. E se a gente não quer, jamais teremos. E não é o querer da inveja. O querer de “poxa..seria tão feliz se tivesse aquela vida…” é o querer: “Vou ter aquela vida! É isso que quero pra mim.” Sem dúvidas e sem hesitações. É do nosso desejo que nascem os sonhos e são dos sonhos que nascem a nossa realidade. Só depende da gente. Tudo na verdade depende da gente. Toda nossa vitória depende do nosso interior bem resolvido. É tão simples e ao mesmo tempo tão complicado. Depende de como vamos encarar essa realidade. Se vamos NOS entender e partir pro “ataque” ou se vamos continuar nos lamentando e sonhando com algo que nunca será nosso.
É assumir a responsabilidade que a nossa vida está em nossas mãos. E que ninguém, nem nenhum elemento externo pode nos desvirtuar do nosso caminho. E se depende de nós, podemos começar agora mesmo nossa mudança interna e esperar a externa vir como consequência dos nossos desejos. É só QUERER.

Uma semana iluminada à todos e nunca desistam de nada que pareça impossível. Porque as aparências enganam. Acredite em você. Bote fé em você. Já que ninguém pode fazer isso, você mesmo fará, porque só VOCÊ sabe o quanto é capaz. É melhor surpreender quem te subestima do que aceitar o que os OUTROS dizem sobre o que só VOCÊ sabe.

Boo!



"Tô relendo minha lida, minha alma, meus amores

Tô revendo minha vida, minha luta, meus valores

Refazendo minhas forças, minhas fontes, meus favores

Tô regando minhas folhas, minhas faces, minhas flores

Tô limpando minha casa, minha cama, meu quartinho

Tô soprando minha brasa, minha brisa, meu anjinho

Tô bebendo minhas culpas, meu veneno, meu vinho

Escrevendo minhas cartas, meu começo, meu caminho

Estou podando meu jardim

Estou cuidando bem de mim."

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Os dois lados da escada


Porque sempre que estamos pra baixo, tristes e algo sai errado, diferente do que a gente tinha programado e a gente acha que não tem como piorar as coisas, de repente, piora. É incrível como merda quando vem, vem em grupo. Já dizia uma amiga minha…
Merda nunca vem sozinha. Se recebeu uma má notícia, se prepare: será a penas a primeira de uma série que estar por vir. E o pior é que nunca sabemos quando elas chegarão no final. A qualquer momento, quando menos esperamos, vem mais uma…e mais uma..e mais uma…até perdemos completamente o estímulo pra tudo.
A única vontade que dá é de ficar em casa quietinha. Dormir e acordar. Numa tentativa de não ver o tempo passar. Ou de passar logo. Pra chegar logo no final.
Só que com coisas boas também é assim. A lei é pra tudo. Pro bom e pro ruim.
Por isso quando tudo estiver bad, devemos procurar alguma faísca de coisas boas. Qualquer coisa que nos coloque pra cima. A mínima que seja. Pra em seguida a fila de coisas boas não pararem de chegar. Ninguém pode subir se já estiver em cima. Por isso, às vezes é necessário descermos no mais baixo degrau, no fundo do posso, pra que possamos subir. Mesmo que seja devagar. Mas subir.
E o mais impressionante, é que quanto mais baixo descemos, mais alto iremos subir depois. Quanto mais merda chegar, mais serão as bênçãos depois. É sempre bom nos lembrarmos disso, porque toda vez que estamos descendo – ou lá em baixo – nos esquecemos de quantas vezes subimos e subimos alto.
Quantas vezes tivemos no topo da nossa vida, onde olhamos para os lados e não vimos problemas? Quantas vezes nos sentimos realizados?
Não vou dizer que a vida é cheia de altos e baixo. Porque isso iria contra o que eu acredito, contra meus valores e contra tudo que aprendi até hoje. A vida pode ser sempre nos altos sim. Só depende de nós. Às vezes nos sentimos de mãos atadas sem nada poder fazer. Mas é aí que nos enganamos. Podemos sim. Podemos pensar. Podemos sonhar. Nossos pensamentos são livres e são eles que nos elevam aos mais altos níveis. E se é uma coisa que podemos fazer pra tentar subir ou nos manter e cima, é pensar.
Todo mundo já deve ter ouvido o blá blá blá do pensamento positivo. Mas colocar em prática são outros quinhentos. Principalmente se estivermos em baixo. Pq falar de alto astral e coisas positivas quando estamos bem é fácil. Agora lembrar disso quando estamos apertados e cheios de problemas chega a ser irritante. Mas é nessa hora que vamos provar de verdade quem somos. São nas dificuldades e nos momentos ruins que vamos ter a oportunidade de colocar em prática tudo que aprendemos ao longo da nossa vida. ´
Mas podemos também sentir pena de nós mesmos. Podemos também viver nos lamentando e nos sentindo vítimas da vida. A escolha é nossa. A diferença é que se começarmos a pensar positivo, iremos no mínimo nos sentir melhor, mesmo que nada mude da noite pro dia. Só de imaginar o que é bom, só de pensar como será daqui pra frente, já nos anima. Agora se escolhermos o mundo das lástimas, não poderemos esperar que nada melhore. Afinal, devemos ser a mudança que queremos ver. E se eu tô em baixo e quero mudar pra cima, devo começar essa mudança de mim mesma. De dentro pra fora. E não o contrário.
A escolha é sempre nossa. E eu escolho subir. O mais alto que puder.

See ya!

sábado, 14 de novembro de 2009

Enjoy:

Gente, fiz um novo Blog. Hesitei um pouco, mas acho que assim vou me sentir mais à vontade.

Claro que continuarei com esse...mas para assuntos em geral: espiritualidade, contos e causos, resenhas, opiniões, etc...

E o outro, para assuntos mais particulares.

www.saltinhoalto.blogspot.com

;)

Beijos e um fim de semana cheio de novidades e boas notícias!

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

O mundo dá voltas e volta pro mesmo lugar!


2 de Fevereiro de 2003. Estava chegando de Guarajuba, uma praia perto de Salvador, e quando cheguei na garagem, enquanto tirava minhas malas e arrumava as coisas, minha cadelinha poodle chamada Babi chorava querendo sair do carro. Com pena, tirei ela e coloquei-a no chão. De repente vem um carro em alta velocidade dentro da garagem e atropela minha cadelinha. Não acho palavras pra dizer de como fiquei na hora. Desesperada é pouco. Entrei em pânico. Me lembro ainda dos últimos gritos dela…ela gritava alto demais…como se estivesse sentindo muita dor. O dono do carro saiu do carro e ficou tentando me acalmar. Mas eu pedia pra ele fazer alguma cosia por ela. Eu não tinha coragem de olhar. Tinha medo dela estar esbagaçada em baixo do pneu e eu não conseguir ver. Mas ele por não ter cachorro e não entender o amor de um animal, não se preocupou com ela. Só se preocupava comigo e dizia:
- Eu só vou fazer alguma coisa quando você se acalmar.
Mas enquanto isso, ela podia morrer…então fingir estar calma pra que ele olhasse pra ela:
- Tudo bem, to calma. Agora ajude ela.
Friamente, ele olhou pro chão e me disse:
- Já era..morreu…
Depois de muito chorar e todas as pessoas terem ficado com raiva dele, a minha primeira reação, acreditem, foi defende-lo. Apesar dele ter entrado em alta velocidade na garagem, eu sei que ele não teve a intenção de mata-la. E talvez tivesse ficado mal com o que aconteceu. Na época, ele me disse que havia enterrado o corpinho dela num terreno onde ele já enterrou um cachorro de um parente dele. Mas algum tempo depois, passando pelo bar do meu prédio, eu ouvi ele comentando com as pessoas que havia jogado ela no lixo. E além disso, contava a historia rindo. Como se ela fosse um nada. Aquilo me deixou indignada!! Poxa, então eu defendo ele diante de todas as pessoas enquanto ele rir da minha desgraça? Além de claro, ter mentido pra mim a respeito do corpo dela.
Desse dia em diante nunca mais olhei na cara dele. Mesmo que estivéssemos no mesmo ambiente, pra mim, era como se ele não tivesse.
Novembro de 2009. Mesma garagem. Meu carro descarregou a bateria e eu estava com meus amigos tentando fazer o carro pegar no tranco. O mesmo homem está passando na hora, vê a cena e pára pra me ajudar. Ele tinha uma chupeta que é usada pra recarregar a bateria de um carro para o outro.
Acho que Deus deu uma oportunidade pra ele pra me ajudar. Se um dia ele me prejudicou, hoje ele me ajudou. Não que isso vá compensar a vida da minha cedelinha…nem se compara! Mas como ele não me ajudou naquele dia há 6 anos atrás, agora teve uma nova oportunidade. E me ajudou.
A vida é assim. Sempre temos novas oportunidades. O mundo sempre dá voltas e volta pro MESMO lugar…fazendo com que tenhamos novas oportunidades de nos redimir ou de perdoar. Por mais que uma pessoa nos fira aqui hoje, não pensem que nunca mais veremos a cara dessa pessoa. Um dia, a vida vai nos colocar frente a frente com essa pessoa. Ou teremos a oportunidade de nos redimir ou de perdoar. Um dos dois. Se você foi o agressor, tenha certeza que na justiça Divina Ele vai te dar uma nova oportunidade de mudar o que vc fez – ou o que você não fez – novamente. E se você foi o agredido, também terá uma oportunidade de perdoar. Será sempre assim. Nada passará em branco nessa vida. Nada apenas passará. Tudo terá um propósito.
Por isso que eu vivo dizendo..cuidado com o que você faz hoje…resolva todas as pendengas que tem com qualquer pessoa…vc não precisa reencontrar certas pessoas novamente…eh melhor resolver logo…porque o munda dará voltas e voltará pro MESMO LUGAR!

E tenho dito!

bjs

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Embalos de sábado à noite


Homem é tudo burro. É incrível como homem não pensa. Nós mulheres – eu pelo menos! – somos tão fáceis de lidar. É tão simples…mas os homens complicam tudo!! Esse final de semana briguei com meu namorado. Ele saiu do trabalho sábado e foi beber com os amigos e não me avisou. Eu sou a namorada mais gente boa do mundo. Comigo não tem essa…não ligo pra nada…desde que: ME AVISE carai!! Mas não…diz ele que ficou com medo de eu pirar e não avisou…blz..poderia até pirar mesmo pq queria vê-lo. Mas piraria uma vez só. E não me atender, só piorou as coisas.
Sou leonina nata e filha de Iansã. Sou mulher de luta e jamais vou fazer o papel de Amélia ou mulher submissa. Never! Pra cima de muá não! Vocês acham que eu fiquei em casa chorando?? Tava rolando um show de reggae que eu tava LOUCA pra ir, mas ele próprio já tinha me avisado que não ia. Que ia trabalhar o dia inteiro e queria acordar cedo no domingo pra surfar. Ou seja: ele não queria me atender pra me deixar esperando e não dar tempo de sair. Mas eu fui mais esperta e liguei pro celular do amigo dele:
- Oi tudo bem? É Bruna namorada de Rodrigo. Ele ta com você?
- Oi Bruninha…ta sim..perai…
“Telefone pra você!”
“Quem é?”
Silêncio…
Imagino eu que durante esse silêncio um deve ter olhado pra cara do outro e dito em leitura labial: FUDEU..É SUA MULHER..rs..
Com a maior cara de pau do mundo ele atende:
- Oi Bu..eu to aqui na favelinha (barzinho perto de casa) tomando uma com o pessoal do trabalho..saí tarde e passei aqui meu celular ta vibrando…mas já to indo…daqui a pouco.
Escandalosamente eu respondi:
- VAI VIR O CARALHO!! VA SE FUDER EU AQUI PREOCUPADA COM VC E VOCE TOMANDO UMA? QUE PORRA EH ESSA? COMO EH QUE VC FAZ ISSO COMIGO!! VA PRA PRORA. Tum…tum…tum….
Fui correndo tomar banho me arrumar pra ir pro show. Pedi pra minha amiga que tava aqui comigo me levar e lá eu voltava com o pessoal aqui do prédio que tinha ido. Não queria ir de carro sozinha. Tinha que sair antes dele chegar! Me arrumei voando!! Quando chegamos na garagem, minha amiga enrolando, devagar e eu na maior pilha: “Bora Maíra!! Anda!! Antes que ele chegue!” (ele mora no meu prédio né!)
Quando a gente tá dentro da garagem..olha quem ta chegando: ELE! Que merda!
Eu: - Freia Maíra pra ele não ver!!
Mas não teve jeito..ele viu…desceu correndo, parou do lado da minha janela e falou:
- Peguei no flagra saindo!! Vai pra onde?
- Pro show! Tchau! Acelera Maíra!!
E fechei o vidro na cara dele! Rum!
Fui pro show bunita! E foi ótimo! Mas claro, pensei nele o tempo todo né. Mas também desliguei meu celular…caso ele ligasse, não queria atender.
Na hora de ir embora, já eram 4h da manhã. E a carona que eu ia, ainda ia levar uma menina em Vilas, do lado contrário da minha casa. E eu sabia que ele ia acordar 6h pra ir surfar. Era só o que me faltava chegar na hora que ele tivesse saindo. Antes de sair do show, uma muvuca da porra…acho que tinha umas 25 mil pessoas fácil! Aí meu amigo mostrou a mão como se quem dissesse: “prefere me dar a mão e alguém ver e entender errado ou levar dedada?” mentalmente respondi: “levar dedada!”.
Já tava imaginando a briga que ia ser por eu ter ido sozinha pro show, se me vissem de mãos dadas com um homem e falassem pra ele, por mais que o tal homem fosse amigo dele também, só de pensarem que aquilo poderia ser um corno, achei melhor não. Deus me livre!! Mas pro meu azar começou um arrastão generalizado e saiu todo mundo correndo. Graças a meu querido amigo que me puxou, não fui pisoteada!
O caminho de volta pra casa mais parecia uma viagem. Não chegava nunca. Primeiro que o cara fez o retorno do lado de minha casa pra ir levar a menina. E depois revolveram parar pra comer. Nessa brincadeira, cheguei em casa 6h da manha! Mas não encontrei meu namorado. Ele acordou mais tarde e passou logo na minha casa e fizemos as pazes. “Se eu sei que no final, fica tudo bem…” rs…
Moral da história: se ele tivesse me avisado, eu não teria ido pro show. Teria no máximo ido tomar uma com minha amiga em algum lugar perto. I’m a rabel! Soul rabel! Jamais aceitaria ficar em casa esperando por ele depois de uma mentira. No caso, uma omissão. Se não tivesse um show nesse dia, iria pra qualquer lugar. Mas não ficaria em casa de jeito nenhum. Isso pra mim, é uma afronta. E isso, eu não aceito. Mas acho que agora ele aprendeu a lição! Comigo não violão!
O bom da briga é as pazes depois. Nada melhor que fazer as pazes! Rs…

Beijos e uma semana cheia de AXÉ!

sábado, 7 de novembro de 2009

Perdão


“Errar é humano, perdoar é que é DIVINO!” Talvez por isso seja tão difícil perdoar. Errar, temos a justificativa que é humano, é normal. E como perdoar é coisa de Deus, então estamos muito longe de conseguir e nos perdoamos em falhar. Mas já que estamos aqui pra evoluir e tentar, mesmo que numa longínqua tentativa, mas tentar, então pq não começamos a perdoar?
Apesar de ser impulsiva e garota enxaqueca assumida, acreditem, sou da turma do “deixa disso.” Meus amigos que me conhecem sabem disso. Sou a primeira a apaziguar as coisas. Sempre perdoei sem nem mesmo me pedirem perdão. Sempre fui a favor da amizade eterna, mesmo que pra isso fosse necessário passar por cima de muita coisa. E demorei muito tempo pra entender que amizades acabam sim. Que existem erros imperdoáveis. O que existe na verdade é a perda de CONFIANÇA. Esse é o maior problema do perdão.
Perdoar em si, pode até rolar. Mas voltar a confiar em quem te traiu…principalmente se vc já deu outras chances à outras pessoas e não foi correspondido, dar mais chances pra novas pessoas se torna mais difícil ainda. Achei que quanto mais eu perdoasse, mais fácil se tornaria. Mas mesmo que tal pessoa não tenha nada a ver em você ter perdoado outras 30 e se decepcionado de novo, pro azar dela, chegou um pouco atrasada na fila dos seus perdões. Eu achei que quanto mais eu perdoasse, mais fácil seria perdoar novamente. Mas pra mim, parece ser exatamente o contrário. Quanto mais eu perdoo, menos me convenço que tomei a atitude correta. Não que não tenha valido a pena perdoar no passado. Tenho certeza que ganhei meus pontos lá em cima. E por isso, valeu a pena. Mas, aprendi também, que confiança só se perde uma vez. E o que foi um dia não volta a ser como antes nunca mais. Ou melhora, ou piora. Igual, nunca.
Mas olhando por outro lado, mesmo que piore, não volte a ser como antes, já que íamos perder a pessoa de qualquer jeito – ou ela que nos perdeu – então que seja na paz. Porque não tem nada pior do que guardar rancor. Perder por perder, que seja sem mágoas. Acho que é esse o propósito do perdão. Fazer com que continuemos nossa jornada sem olhar pra trás. Fazer a gente seguir em frente com a cabeça erguida. Porque quando temos algo mal resolvido no passado, sempre que voltamos no assunto ou nos encontramos com a pessoa, voltamos também a sentir a dor. É um incômodo quando pensamos na pessoa, na situação...e acho que perdoar deixa o coração mais leve e limpa nossas lembranças.
E o fato de ser cada vez mais difícil, acho que é como passar de ano. As lições se tornam cada vez mais difíceis. É assim a vida. A cada idade avançada, novas provações. O que não podemos é desistir de ser bom. Por mais duro que seja ter que passar por cima de nosso orgulho muitas vezes, se perdemos nossa essência, perderemos tudo que conquistamos até hoje.
Longe de querer ser DIVINA, mas a direção é essa: sempre em frente.

Eu “perdi” uma amiga que me traiu no começo do ano. Eu estava decidia a não perdoa-la nunca mais. Mas eu sinto muito a falta dela. Não era uma amiga qualquer…era uma GRANDE amiga! Eu queria muito que as coisas voltassem a ser como era antes…queria que ela voltasse a ser aquela que eu conheci há 10 anos trás…mas na esperança dela se tornar uma pessoa melhor, vou tentar perdoa-la. Vou fazer a MINHA parte…se ela não corresponder às minhas expectativas, pelo menos eu TENTEI. Pior é morrer na dúvida do “SE..”

Beijos e o dia ta lindo!! Vamos ala praia!

P.S.: Meu Bahia, só me faz sofrer…tinha que empatar!! :/

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Ninguem nos vence em vibração!


Todo mundo que conhece futebol, sabe da história do BAHIA. Um time de glória e um passado cheio de realizações. Bi campeão brasileiro! E quem sabe disso, sabe também do sofrimento que nós, torcedores do Bahia, estamos passando. Como é ruim ver nosso time na segunda divisão. Como é ruim ser rebaixado. Como é ruim ver um monte de time de merda melhor que o seu. E agora, o Bahia precisa se recuperar pra não cair pra 3ª divisão gente!! Há que ponto chegamos? Eu explico:
Torcedor do Bahia não é um torcedor comum. Bahia é muito mais que um time, é religião. Não é pq sou Bahia não…até a oposição concorda com isso. Podem reparar que todos os torcedores do Bahia são pessoas do bem. Claro que como em todo lugar deve existir uma banda podre. Mas a maioria, eu garanto, é do BEM! E como todo torcedor do Bahia, o time não poderia ser diferente. Time do bem e guerreiro. O Bahia não gosta de meio termo. É melhor lutar contra a terceira divisão do que estar longe da primeira e não lutar por nada!! Hsaushuahsuahsuahshahsuahsuahsuha
É isso minha gente!! Eles perderam de propósito!! Só pra dar mais emoção pra torcida!! Hahahahaha
E hoje, estarei lá em Pituaçu (estádio). Vibrando pelo BAÊA! Contra quem ele vai jogar, não me pergunte! Hahahaha eu só faço torcer!!

BORA BAEA MINHA PORRA!

Beijos e um fim de semana iluminado!

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

15 minutos de fama!


Verdade seja dita, ele conseguiu o que ele queria: FICAR FAMOSO. Claro que sendo uma pessoa sem escrúpulos, não se importou de COMO seria essa fama. Se boa ou mau. Pra ele, os fins JUSTIFICAM os meios. Que assim seja! Parabéns!! Você atingiu a FAMA. Agora eu soube que ontem no programa SUPERPOP pagou o maior mico. Mesmo não achando esse programa, dos melhores – não vou mentir pra ser simpática – soube que Luciana Gimeniz arrazou! Colocou você no seu lugar. E você pagou o maior mico da sua existência. (Louca pra ver o vídeo!!).
Mas ora, você pediu FAMA….não exigiu que essa fama fosse POSITIVA…quis apenas FAMA. E pelos seus meios, só conseguiu a repulsa de muita gente, mico do século e saiu de otário. E agora eu pergunto: VALEU A PENA?? Valeu a pena MENTIR, ENGANAR, TRAPACEAR? Quando você coloca sua cabeça no travesseiro, vc se sente satisfeito?? Isso são respostas que só vc deve saber. Mas daqui de fora eu posso te GARANTIR que você jogou sua dignidade – se é que um dia teve – no LIXO.
Seus 15 minutos de fama tão aí…como vc queria…aproveita e vê se sente vergonha pelo menos. Agora você aprende que não se faz mal a pessoas do BEM.
Vê se não vai querer mais fama e não continua inventando MENTIRAS à respeito de Claudinha. Nem de qualquer outra artista ou pessoas em geral. Sou a prova viva que vc tbm ataca anónimos! Rs. Pq senão sua fama vai aumentar…e aí pode ser um caminho sem volta!
Eu fico por aqui. Já dei moral demais pra esse OTÁRIO.
Enquanto isso no mundo CL: vai tudo bem, tudo lindo, cada vez melhor!
HAHAHAHAHA

Desculpa Alex, eu não resisti!!

Aos fãs de kk, um super beijo!! Fã é sensível pra perceber quando as pessoas são boas ou não. Ainda bem que vcs gostam de mim!! Me sinto lisonjeada em ser querida por pessoas do bem como vcs! Obrigada!!

Beijos e fiquem com DEUS.


P.S.: ele deve ta pegando algum picão na TV ARATU!! E tenho dito! ;)

P.S.2: Alex vc não queria entrar, não era pq vc não tinha vontade não…era pq vc é um MEDIOCRE e só sabe falar por trás e tem MEDO de olhar nos olhos! Pq vc é um COVARDE que só ataca MULHER e por TRÁS. Pq eu queria ver você meter o pau e inventar coisas a respeito de artistas HOMENS. Ah eu queria ver!!

P.S.2: Não venha me dizer “entra no meu site quem quer”. Realmente..mas a partir do momento que você FALA DELA, ela tem todo o DIREITO de se defender e é OBRIGADA e entrar. NINGUEM seria indiferente ao verem falando de si em algum lugar! Procure outro argumento!

P.S.3: Se Cláudia se incomodou tanto com a fita, pq ela está no ar? Pq não quebraram a fita? FAZ-ME RIR!!

P.S.4: Tantos P.S`s pq só li o que ele escreveu depois de escreve aqui…agora acabou! Fui.

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Imprensa Marrom


Aqui em Salvador tem um programa chamado QUE VENHA O POVO com apresentação de Casemiro Neto. Onde todos já devem saber, do barraco de Claudinha com Alex Otário Lopes. Eu to aqui indignada com a matéria que eu acabei de ver. EU ODEIO injustiça. E isso que fizeram com ela foi a maior INJUSTIÇA!! Quer dizer que ela fala na frente das câmeras e na hora de mostrar, cortam tudo, editam e deixam aquele otário do Alex falando. ME POUPE. Kd a porra da matéria?? Porque não deixaram a parte que ela fala e fala BONITO?? Aí pra completar vem o programa em seguida desse, uma CARNIÇA que só mostra CARNIÇA e falta de respeito com o SER HUMANO e inventam uma edição bizarra que eu não assisti. Me recusei. Mudei de canal. Voltei pra GLOBO que ali sim, faz um jornalismo de verdade. Olhe que carniça essa emissora…ter ALEX LOPES como repórter…um carioca de merda querendo falar de AXÉ?? ME POUPE.
Essa manipulação de informações me irrita profundamente. Porque não mostram a porra do jeito que é? Sem edições? Sem cortes? O que acontece é que pra essas carniças de programas e jornalistas, não vai dar em nada pq quem são eles? Já pra Claudinha que ela sim, é FAMOSA, o povo cai matando. Ela não tem o direito de se defender pq é artista! Me poupe!! SOCIEDADE HIPOCRITA!
Mas ainda bem que pessoas do bem como CLAUDIA LEITTE não precisam disso (jornalistas e programas medíocres) pra provar suas verdades. Eles podem ate tentar denegrir Claudinha, mas quem manda nessa porra é DEUS e ELE vai fazer justiça mesmo que não seja na frente das câmeras. Cada um vai ser responsável por aquilo que fez. E eu tenho pena desse outro jornalista (do programa NA MIRA) que esse daí, qnd morrer, vão ter mais de mil espíritos que ele humilhou no programa dele. Todos os marginais de Salvador vão estar do lado da cama dele do hospital. E qnt ao o outro Alex Otário, já esta pagando e vai pagar ainda mais.
Um dia desses eu fui num coquetel que tinham vários jornalistas renomeados de Salvador. E TODOS sem exceção falaram mal dele. Disseram terem VERGONHA de existir um jornalista como ele.
No vídeo, qnd ela diz que ele vai sair de vítima, ele diz: “eu não…o que é isso gente, pelo amor de deus”. E olha só o que aconteceu? ELE SAIU DE VITIMA! Claro, isso é coisa de gente MEDIOCRE. Só podia ser!! Aí depois ele diz: “eu falo o que eu penso” fala o que vc pensa porra nenhuma seu otário!! VOCE MENTE!! É BEM DIFERENTE!! VOCE INVENTA!! O QUE EH BEM DIFERENTE DE FALAR O QUE PENSA! Liberdade de expressão SIM…mas mentira, NÃO! Kd o vídeo de Márcio batendo nesse mentiroso? Deveria bater mesmo!! Era oq esse filho da puta merecia!! Ele não respeita as pessoas, não respeita o SER HUMANO….ele é um ERRO no jornalismo brasileiro. Isso SE ele estudou mesmo!! Ele é o próprio ERRO!
Ai como eu queria estar presente nesse momento!! Ou não..talvez eu só fosse piorar as coisas…talvez eu desse um pau na cara desse filho da puta e só iria piorar as coisas!!
Agora eu soube que o programa SUPER POP está procurando pelo otário…tinha que ser…só mesmo os programas sensacionalistas se prestam a esse papel. Do mesmo nível dele!! Enquanto Claudinha se quiser, fala é com o FANTÁSTICO meu bem!! Mas é claro que ela não vai dar esse ibope pra ele!! Ele quer é pongar na fama dela isso sim!! Mas vc não vai conseguir meu bem, pq vc não tem TALENTO pra isso!!
Aff nem queria começar minha segunda-feira falando de coisa ruim…mas não aguentei!! Tinha que gritar minha indignação de alguma forma!! Desabafei! Agora vamos esperar pra ver o que acontece. E vamos ver quem está certo!! Sabe como? Quando vcs verem o sucesso de Claudinha sempre maior, ela sempre vencendo e qnd vermos o otário se fodendo, sem ibope, vamos ter a prova de quem está certo. Basta vermos a vida de cada um...já que cada um tem o que merece não é mesmo? ;)


Beijos e esse papo me deixou com dor de cabeça!!
E Kk, saudade demais de sua energia! Amo vc!

sábado, 31 de outubro de 2009

BESOURO - O filme



Eu não sei se porque sou capoeirista, baiana e mandingueira que eu AMEI o filme Besouro ou se o filme é bom mesmo. Acho que os dois. Mas acho que gostei ainda mais pelos motivos citados…que axé, que malemolência…sabe quando vc cria uma expectativa em cima de um filme e fica com medo de se decepcionar?? Pois bem…eu me SURPREENDI. Foi MUITO melhor do que eu imaginava!!
Ele conseguiu retratar exatamente o papel dos orixás na vida das pessoas que acreditam neles. Já sonhei tanto com Orixás. Que ver de uma maneira interpretada, me emocionou. Eu me arrepiei cada vez que apareceu um Orixá. Eu nunca vi, e acho que a forma humana é fonte da nossa imaginação. Mas já senti as presenças todas as vezes que tive contato com a natureza. Quando estou fazendo trilhas em mato por exemplo, penso em Oxossi, o rei das matas e sinto um vento, uma vibe indescritível, uma sensação tão boa, tão única, tão divina! Não entro no mar sem saldar Yemanjá. Se eu não fizer isso, sempre levo uma vaca cabulosa. Conscidência ou não, melhor previnir. Mas sei que sou querida por Yemanjá. Apesar de ser filha de Iansã. Depois faço um post sobre os orixás pra explicar melhor sobre cada um.
Na capoeira, acho que já falei sobre ela, também sinto um axé muito forte. Às vezes é como se todos fossem negros, escravos. Viajo tão longe, que ouço o toque do atabaque. Que é usado na capoeira de Angola, mas não na capoeira Regional, a qual eu jogo. Já viajei muito nessa vida e conheci lugares dentro e fora do Brasil. Mas o axé da Bahia é sem dúvidas singular. Quem já veio aqui, vai embora sentindo isso. E pra mim, que não sou só baiana, sou espiritualista, médium e sensitiva, sinto esse axé de uma maneira especial. Acho que eu devo ter sido escrava em alguma encarnação passada. Porque toda vez que vejo filmes, novelas, etc, sobre a escravidão, sinto uma emoção muito forte. E esse filme reuniu 3 coisas que mexem comigo: a capoeira, os orixás e a escravidão.
Se alguém já assistiu, por favor deixe aqui sua opinião. Eu preciso saber se só eu, meu namorado e os capoeiristas sentiram essa energia positiva ou se o filme consegue transmitir esse axé pra todas as pessoas. E quem não assistiu ainda, sinta o axé desse filme. Tudo aquilo que aparece, acredite, é verdade. Só que eles mostram pra gente o que nossos olhos não vêem. Mas o que nossa alma sente.
Um final de semana iluminado à todos!!

Axé!
P.S: Uma coisa que nao fala no filme: o apelido dele nao era Besouro. Era BESOURO MANGANGÁ que significa Besouro preto.

Besouro Preto
Abadá Capoeira
Composição: Olho De Gato
Quem é você que acaba de chegar ( Coro )
Eu sou Besouro Preto Besouro de Mangangá
Eu vim lá de Santo AmaroVim aqui só pra jogar
Quem é você que acaba de chegar
Quem é você que acaba de chegar ( Coro )
Eu sou Besouro PretoBesouro de Mangangá
Ando com corpo fechado
Carrego meu patuá
Quem é você que acaba de chegar
Quem é você que acaba de chegar ( Coro )
Me chamam Besouro Preto Besouro de Mangangá
Bala de rifle nào me pegaQue dirá faca de matar
Quem é você que acaba de chegar
Quem é você que acaba de chegar ( Coro )
Aqui em Maracangalha
Você não vai escapar
Contra faca de tucum
Ninguém pode se salvar
Quem é você que acaba de chegar
Quem é você que acaba de chegar
Salve!

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Ta esperando o que?


Vocês já repararam que estamos sempre esperando alguma coisa? O momento certo pra ligar; a hora certa pra casar; o dia certo pra começar a malhar; o melhor mês pra começar um trabalho novo; o melhor ano pra ter filho…só o que ninguém se dá conta, é que enquanto a gente ta esperando a hora certa pra tudo, a vida não pára pra esperar a gente. E se vc for ver todas as pessoas realizadas, fazem tudo ao mesmo tempo. Casam, trabalham, têm filhos, namoram, malham, ligam, visitam…tudo ao mesmo tempo. O momento certo quem faz somos nós. Quem vai nos garantir que tal momento é melhor que hoje? Quem vai calcular que daqui há uns meses é melhor começar a fazer o que estamos esperando há anos? Que segurança é essa que nos segura tanto? Ou melhor, que insegurança é essa?
Pois eu acho, que quanto mais cedo começarmos a fazer tudo – e tudo ao mesmo tempo – melhor. Porque assim teremos chances de recomeçar se for preciso. De refazer caso algo saia errado. Porque se formos esperar o momento certo, ele nunca vai aparecer. E vamos passar grande parte, ou talvez o resto da nossa vida esperando, esperando, esperando…e sempre vão surgir novos impedimentos, novas pessoas, novas situações que vão atrapalhar nossos planos. À medida que o tempo for passando, coisas novas vêm chegando. E aí teremos cada vez mais motivos pra adiar o que queremos fazer.
Querem saber? Parem tudo que estiverem fazendo agora pra colocar em prática o plano de anos atrás. Pra tirar dos sonhos àquilo que desejamos e transforma-los em realidade. Está mais do que na hora de materializarmos os pensamentos. Por que a felicidade sempre nos parece tão longe? Por que estamos sempre esperando pelo amanhã?? Talvez seja uma desculpa que inventamos com medo de dar errado. Porque deixando pra amanha, não teremos muito trabalho hoje. E a cada dia arrumaremos desculpas e mais desculpas nos isentando da culpa de tentar, de errar.
Pois eu sou escrava das minhas vontades. E faço tudo o que eu desejar agora. Amanhã pode ser tarde demais. Amanhã eu posso nem estar mais viva. Amanhã eu quero novos planos. Amanhã eu quero novos desafios.
Porque hoje, eu quero ser feliz. E quero AGORA. Não posso esperar pra amanhã. Tem que ser logo. E tem que ser hoje. É melhor me precipitar do que perder a hora. A oportunidade quem cria somos nós. E perceber se a decisão foi correta ou não, é muito fácil: a vida está andando junto com a gente. E quando ela tenta mudar nosso caminho pq está nos reservando algo melhor, ela nos dá dicas. Cabe a nós percebermos esses sinais. O que não podemos é ficar parados esperando não sei o que. E se não sei o que nunca chegar? Eu odeio esperar. Quero tudo e quero agora!
Agora se você não se acha merecedor da felicidade imediata, então espere. Espere mesmo. Por tempo demais as pessoas são ensinadas que não são dignas da tal felicidade e passam a vida inteira esperando por ela. Aceite o que é seu por direito. Aceite o que Ele tem a te dar. Porque você merece. E merece AGORA. Nem mais um minuto.
A hora de ser feliz é JÁ!


terça-feira, 27 de outubro de 2009

Pé na bunda (Post dedicado à uma amiga que deseja dar um pé na bunda e não sabe como)


O primeiro pé na bunda a gente nunca esquece. Eu só levei um na minha vida inteira. Os que sumiram e não me procuraram mais, não conta. Isso pra mim, é coisa de gente imbecil. E essas devem ficar fora das nossas histórias. Fora mesmo, do cara virar pra mim e dizer com todas as letras que não me quer, só levei uma vez. Eu tinha 16 anos na época. Mas o primeiro pé na bunda que VOCÊ dá…é mais inesquecível ainda.
Já cheguei a preferir que terminassem comigo do que o contrário. Acho que ser sincera e dizer pro outro que vc não quer mais, é mais difícil do que levar um pé na bunda e ter que se conformar com a situação. Primeiro porque se a iniciativa for partir de você, a responsabilidade é toda sua. Depois não pode se arrepender. Você vai estar mudando dois destinos e será responsável por isso. É muito mais fácil lidar com perdas quando não tivemos escolha. Se terminam com a gente, nada podemos fazer. A escolha foi do outro e nos isentemos da responsabilidade de perder o que poderíamos ter sido felizes. Agora pra dar um pé na buda, tem que ser muito macho! Tem que ser muito mulher!!
Quando eu tinha uns 19 anos mais ou menos, foi a primeira vez que eu dei um pé na bunda. Eu tava ficando com um garoto que era amigo do cara que eu gostava. Tava massa, ele tava apaixonado por mim, queria namorar, mas eu gostava do outro. E eu sabia que se continuasse com aquele, o outro jamais iria me querer. E eu precisava dar um basta naquilo. Mas não sabia como. O cara era maior gente boa. Conversando com um amigo, ele me disse uma coisa que nunca esqueci na vida. Apliquei nessa época e todas as outras vezes que precisei. Hoje em dia, posso me considerar expert em pé na bunda!! Hahahaha ele me disse: “Quando vc não quiser mais um cara, fale com todas as letras o motivo. Seja sincera. Fale a verdade. Seja o que for. Porquê aí, você vai ganhar um eterno amigo e admirador.” E digo o mesmo aos homens que souberem fazer isso. Ganharão eternas amigas e admiradoras. Imaginem só: “o cara é lindo, gente boa e ainda por cima HONESTO!” puta que pariu! Vai ficar até difícil de esquecer o cara no caomeço…mas se vc vai ter que esquecer de qualquer forma, que seja dessa forma pelo menos. Porque no futuro isso pode se tornar uma grande amizade no lugar de mágoas e rancor. Casos mal resolvidos não são comigo. Então, tremendo, liguei pro cara. Sim, não esperavam que eu fosse falar pessoalmente né? Não tem coisa mais difícil que VOCE terminar. Mas a gente só tinha uma semana ficando. Menos mal. Mesmo assim foi difícil. Liguei pra ele e disse com todas as letras:
- Oi, é Bruna. (voz trêmula).
- Que bom que você ligou. Queria te apresentar ao meu pai. Pedi pra minha avó fazer um almoço pra te apresentar pra família.
Gelei. Eu ligo pro cara pra terminar e ele me convida pra conhecer a família??
- Desculpa, mas liguei por outro motivo. Estu te ligando pra dizer que não quero mais ficar com você. Eu gosto de outro e não é justo que eu te engane. Estou te ligando pra dizer que você é uma pessoa maravilhosa e espero que possamos ser amigos.
Desparei como uma metralhadora a falar, sem nem dar tempo do garoto contestar. E eles respondeu calmamente:
- Ta bom. Eu entendo. Beijos tchau.
Rapaz, na hora que eu desliguei, meu amigo conselheiro estava do meu lado pra me dar forças. Precisei. Pq eu tremia mais que num sei o que. Bem, o fato é que anos depois eu reencontrei com esse moço e até tivemos um affair. E ele confessou que nunca havia me esquecido. E que eu tinha sido especial pra ele. Só que levando em conta “nossa historia” não teve nada de especial. Ficamos só umas 3 ou 4 vezes e olhe lá. Mas acho que o fato de eu ter sido – talvez a única – sincera com ele, marcou pra sempre sua vida.
Bem, anos depois, olha eu de novo querendo da uma pena bunda. Mas dessa vez era com um namorado de 4 anos. Tínhamos uma história. Tínhamos planos. E eu estava pronta pra acabar com tudo. Mas não ia ser tão fácil assim. Por mais que eu tivesse tido algumas experiencias em dar o pé na bunda, nenhum tinha sido com uma pessoa especial. Com um namorado de verdade. Eu não queria magoa-lo. E tentei terminar de outras formas várias vezes. Comecei a bagunçar o namoro. Pra ver se ele tomava a iniciativa. Mas eu não podia esperar isso dele, pois ele era tranquilão e seja lá o que eu fizesse, pra ele tava de ótima. Acho que é o mesmo caso da minha amiga. Como vc vai dizer pra pessoa que espera um futuro de você, que você não quer mais? Não foi fácil confesso. E eu levei mais de 3 meses pra tomar a decisão final. Chamei ele pra conversar e falei tudo que eu estava sentindo. Pra minha felicidade, ele por ser um cara da porra, compreendeu perfeitamente. Eu chorava mais que tudo, enquanto ele super tranquilo me pedia calma. E disse depois que já esperava por isso. Já estava sentindo que algo não estava bem. Passei a noite inteira chorando. Me sentia completamente frustrada. Como eu passei 4 anos da minha vida com uma pessoa que não era o amor da minha vida? É uma frustração sem tamanho. É como se a gente tivesse vivido em vão. Pensei que no dia seguinte eu fosse me arrepender e pedir pra voltar. Mas ao contrário disso, acordei sorrindo. Feliz. Aliviada. Por mais que houvesse uma certa frustração por não ter dado mais certo, também não podia ficar condenada a ficar o resto da minha vida ao lado de uma pessoa que eu não amava mais. Que eu não tinha mais tesão. Amar, até amava. Mas de uma outra forma. Como um amigo. Talvez um irmão. E o tempo que eu perdi na dúvida, eu poderia ter terminado logo e acabado com ambos sofrimentos. Num relacionamento não deve existir dúvida. Quem ama, não sente dúvidas. Se você sentiu alguma dúvida, pare agora. Amar pode ser pro resto da sua vida. Pode ser seu destino. Não se pode brincar com o amor. Não se pode ter dúvidas sobre o amor. Senão, não é amor. E se você olhou pra pessoa que está ao seu lado e não sentiu o coração disparar de paixão, vontade de beijar, de abraçar…então reveja seus conceitos. A não ser que você esteja disposto a ficar com uma pessoa do seu lado pra sempre – ou não – só pra dizer que tem. Ou por outros motivos: família, filhos, dinheiro. Mas se o que você busca é simplesmente AMOR, então não perca mais tempo. Parece que já estou vendo minha amiga dizer: “mas eu o amo”. Sim, ama! Mas de uma forma diferente. Amor de homem/mulher tem que ter muito mais que amor. Tem que ter desejo. Tesão. Já dizia Rita Lee: “amor sem sexo é amizade”. Pare de perder o seu tempo, e o dele! Não é justo com a vida de vocês. Por mais que seja difícil, você precisa tomar uma atitude. A vida não pára pra você tomar sua decisão. E mais cedo ou mais tarde, uma terceira, quarta pessoa pode aparecer pra ele por exemplo. E depois, você pode perde-lo de uma outra forma mais cruel. Aproveite a oportunidade que Deus está te dando de VOCE decidir esse final. Porque Deus não vai permitir que você seja injusta com ele por muito tempo. Pense nisso. Quem não aprende no amor, aprende na dor. E eu garanto: pé na bunda só dói na hora. Depois, é um alívio!!

Vai aí meu conselho. Espero ter ajudado!! Beijao!
P.S.: Um pé na bunda pelo menos te empurra pra frente!! rs

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Beber, cair, levantar! (só para maiores!)


Desde que comecei meu projeto verão que tenho diminuído meu ritimo frenético. E bebida, foi uma das coisas que cortei logo de cara. Mas como todo fim de semana tá liberado doces e afins, a cervejinha entrou no cardápio também. E eu tomei todas! Daquele jeito!! Como há muito tempo não fazia…
Sai pra comer carangueijo com meu namorado e uns amigos. Delicia. Quem não conhece, não sabe o que perde!! E o melhor acompanhamento pra isso não poderia ser outra coisa se não uma skol bem geladinha. Delícia.
Podem falar o que for…mas não há nada melhor que tomar umas. Não sei pq uma coisa que faz tão bem a mente pode fazer tão mal ao corpo. Que droga. É uma droga! Mas o fato é que depois de uns copinhos as pessoas começam a ficar mais sinceras. Acho que todo mundo começa a enxergar com os olhos da alma! rs… incrível como bêbado não mente! Todo mundo fica alegre, sorridente e os problemas vão embora. E tudo que era preocupação, mau humor, dá lugar à alegria, risadas, gargalhadas…
É claro que existe pessoas que ficam agressivas. Mas aí meu bem, na minha cabeça eh pq tem parte com o espírito mal…pq o normal mesmo é se sentir bem, feliz, alegre. E é claro também que não precisamos disso pra ser feliz. Mas na hora que a tristeza apertar, o mau humor não querer sair…ahh mas eu recomendo sim! Bebaaaaaa!! Rs! Mas beba com moderação por favor!! Porque se beber demais, ninguém merece vomitar nem muito menos ressaca no dia seguinte! Eu to de ótima aqui. Já passei mal demais nessa vida por causa de bebida. Mas hoje em dia eu sei beber! O segredo é sempre ter um petisco pra beliscar e saber a hora de parar. Saber seu limite.
E eu sei que eu bebi, me diverti muito, ri muito e valeu a pena! Eu tava mesmo precisando disso!!
Agora começar a semana renovada, pronta pra batalha novamente!
Uma semana cheia de realizações pra todos!!
E se beber, não dirija por favor!! Rs.

Beijos e queijos

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Atualizando...


Eu não sei porquê eu peço opinião se no final eu vou fazer o que eu quero mesmo. Ainda bem que olhos da alma ganhou, pq era ele que eu queria. Acho que esse título tem tudo a ver com minha visão do mundo. É claro que sou humana e nem sempre olho com os olhos da alma. Mas procuro aplicar isso em minha vida o máximo que eu posso.
Olhar com os olhos da alma é sair do senso comum. É colocar em prática tudo que aprendemos. É fazer o que nosso coração mandar. Sem medo de errar.
E se errar, ficar tranquilo porque fez apenas o que seu coração mandou. É ter a consciência limpa que fez o que achou certo. E não o que os outros ACHAM que é melhor pra você. É melhor errar por si próprio do que pela cabeça dos outros. Ah se é!
Olhar com a alma é ver o que os olhos nus não são capazes de enxergar. É muito mais sentir do que ver. É acreditar no que se sente. E não ter vergonha disso. É saber que verdade está no coração e não no que parece ser. É sentir o que o outro sente só de chegar perto. É receber, dar e doar amor.
Obrigada a todos que votaram nessa super enquete!! Rs…obrigada pelo carinho e todas as palavras. É muito bom saber que existem pessoas que também enxergam com os olhos da alma.

Fiquem com Deus!

terça-feira, 20 de outubro de 2009

OBRIGADA MEU DEUS!


Rapaz, Deus é foda. Não sei porque ainda subestimo a infinita bondade Dele. Talvez porque não me ache merecedora de tanto.
Já tem tempos que eu tava querendo fazer um trabalho social. Marcel faz com deficientes mentais toda semana. Um lindo trabalho voluntário. Vivia me chamando, mas sinceramente, achava muito difícil trabalhar com deficiência mental. E estava procurando outra coisa pra fazer. É muito bom poder ajudar de alguma forma. Mas precisava pensar em algo que me desse prazer também. E não só fazer por fazer.
E paralelo a isso, meu problema financeiro está de mal a pior. Fiz minhas contas ontem e vi que talvez nem conseguisse pagar academia mês que vem. Fiquei realmente preocupada com isso e só um milagre pra me salvar. Passei o dia todo ansiosa e à noite quando fui pra capoeira, eis a novidade: meu professor me chamou pra fazer um trabalho social. Um trabalho com meninos de rua. Onde temos que conversar com eles (vejam bem…conversar! Nem gosto de dar conselhos né..rs) para tentar tira-los da rua. Fiquei super feliz!! Mas não para por aí…é um trabalho pela prefeitura e é REMUNERADO. E muito bem remunerado diga-se de passagem. Não acreditei. Dois em um. Quase a mesma coisa que eu ganhava, sendo que vou ter que trabalhar BEM MENOS. Um dia sim e um dia não. E logo o que eu já havia aceitado achando que era voluntário, ele me vem com a notícia que ainda vou RECEBER pra ajudar as pessoas. Puta que pariu!! Deus, não mereço tanto!!
Preocupado, meu namorado me perguntou sobre minha carreira. Eu estava me preparando pra ficar sem trabalho até não sei quando. Não tinha nada, agora já tenho um emprego! E o melhor de tudo: exatamente como eu pedi!! Pedi tanto pra Deus me arrumar algo que não trabalhasse muito e não fosse no meio glamuroso. Olha o que Ele me deu: um trampo num lugar mais simples do mundo, onde vou ajudar seres humanos e ainda vou pagar minhas contas em dia!! Quero mais o que?? Claro que não é nisso que vou ficar rica, rs. Mas vai dar pra suprir minhas necessidades do momento e ainda por cima, um grande desafio pessoal.
To muito feliz mesmo!! Confesso que com um pouco de medo. Afinal de contas, lidar com almas revoltadas e sem instruções não deve ser nada fácil. Mas se caiu do céu dessa forma, foi porque Ele confiou em mim e achou que sou capaz.
É, minha vida de burguesinha vai acabar!! Graças a Deus!! Obrigada Senhor!! Era EXTAMENTE o que eu tava precisando!! Tudo junto e misturado!!
Tão vendo só o que eu vivo dizendo?? Enquanto eu estava acomodada, tudo continuou acomodado. Foi só eu passar a pedir e Ele rapidamente me atendeu!! Numa questão de dias!! Meu Deus!! Obrigadaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!! Sou muito abençoada mesmo!!
Cheguei até a me sentir meio mal por receber por uma coisa que eu faria de graça numa boa. Mas sei que é um trabalho difícil, pois lida com a vida de seres humanos excluídos da sociedade. Que Deus me dê sabedoria pra ajudar essas almas!! OBRIGADA MEU DEUZÃOOOOOOOOOOOOOO!!

Pode parecer pouco pra uns, mas estou me sentindo como se estivesse ganhado na loteria. Estou me sentindo realizada. Agora tenho tudo! Não falta mais nada!! Tenho até mais que antes. Pq agora, apesar de apenas ganhar o mesmo de antes e não mais como eu queria, mas vou ganhar muito mais que dinheiro, uma experiência e satisfação pessoal ÚNICA. Um grande oportunidade que Deus está me dando em evoluir espiritualmente. Sei o quanto vou aprender nesse trampo. Obrigada meu Deus!!

Uma semana iluminada minha gente!! Beijos

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Senso Comum


É tudo aquilo que aprendemos na nossa cultura. No meio onde vivemos. O que aprendemos na escola, o que parece ser “normal” diante da sociedade. Costumes e hábitos trazidos ao longo da nossa existência. O senso comum me cansa. Ok, somos seres sociáveis e devemos saber viver em sociedade. Mas quando as pessoas vão parar de pensar no senso comum e aprender que a vida é muito mais do que aquilo que se vê no dia-a-dia, que cada ser humano é único e cada caso é um caso?
Esses dias, um juiz dando uma “roubadinha” num local proibido, bateu numa moto aqui em Salvador e o motoqueiro morreu na hora. A família dele está revoltada e luta por justiça. Agora eu pergunto: QUE JUSTIÇA??
Puta que pariu…se o cara morreu e o juiz estava na contra-mão, então é culpado ok? Senso comum. Na “lógica” do senso comum é culpado. Aí as pessoas comuns se revoltam com o juiz, pq aprenderam na vidinha comum que nesses casos o cara é culpado e ponto final. Ninguém pára pra pensar que por trás desse “assassinato” existe um ser humano que, mais do que ninguém, deve está fudido com o que aconteceu. Ninguém pára pra pensar que todo mundo dá aquela “roubadinha” que se vocês forem ver, é muito pequena e a probabilidade dele atingir alguém era mímina. E que juiz ou não, TODO MUNDO dá aquela roubadinha. Mas só porque o cara é juiz, tem que se foder. Porque juiz nessa hora, não pode ser humano como outro qualquer. Juiz tem que se foder. A família do rapaz tem todo o direito de ficar triste com o que aconteceu. Mas eu acho que numa hora dessas, eu não pensaria em culpa. Pensaria apenas na perda. Não perderia meu tempo tentando foder a vida do juiz. Antes, ouviria o que ele tem a dizer. Não o julgaria por uma fatalidade. Ao contrário, teria até pena dele. Sinceramente, eu prefiro morrer do que matar uma pessoa num acidente.
Me parece que ninguém tem a capacidade de ver o mundo com outros olhos senão o senso comum. Só porque teoricamente aquilo era o “certo”, então foda-se analisar a causa, foda-se o que eu penso, foda-se meus princípios morais. O importante é fazer e ser como todo mundo é. É fazer o que todo mundo faria. Pensar com o coração, ter compaixão e tentar pensar como Deus, é piegas, ridículo e fora do comum. E não digo só nesse caso não. Digo em todos os momentos da nossa vida. A maioria das pessoas insistem em pensar com o senso comum. Porque se algo der errado, a culpa não vai ser nossa. A culpa vai ser de ninguém. Deu errado porque deu e pronto. Porque eu aprendi assim na minha cultura e assim eu vou agir. Se eu for pensar, analisar de acordo com o que manda meu coração e de acordo com novas ideias que não existem no senso comum, eu posso ser rejeitado. Posso ser apontado. Posso ser JULGADO. E o pior: posso cometer um erro.
Pois então foda-se todos do senso comum. Me julguem, me apontem. Eu tenho as MINHAS IDEIAS, OS MEUS IDEAIS. E não é pq é mais fácil pensar como todo mundo que eu vou fazer o mesmo. Meu senso é CRÍTICO. E eu analiso tudo e todos antes de apontar um dedo. O mesmo Deus que cuida de mim, cuida do meu inimigo também. E só ELE pode julgar e “castigar” o outro. EU, tenho que fazer a MINHA parte. O que vai acontecer com o outro que me fez mal, não me interessa. Sei da justiça Divina e sei que cada um vai ter àquilo que merece. Eu não preciso ver a infelicidade do outro pra ser feliz. Até porque, quem sabe se o que o outro fez foi intencional mesmo não sou eu. E você? Tem opinião e análise própria ou vai fazer o que todo mundo faz?
Se eu errar, foi pq EU errei e não porque os outros me fizeram errar. Errarei com classe e DIGNIDADE. Mas EU errarei com coragem.

Até.

P.S.: Ando meio revoltada mesmo!

P.S.2: Querer justiça de um CRIME é outra coisa. Não é disso que estou falando!

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Sorte de cú é rola!


Desculpem-me pela grosseria do título, mas é que eu fico indignada com esse negócio de sorte. Sorte não existe. O que existe é DEUS. Será que é tão difícil assim admitir que Deus existe? Até quem acredita em Deus vem me falar de sorte. Sorte é injusto e Deus é justo. Não daria sorte pra uns e azar para outros. Cada um tem aquilo que merece e ponto final.
Hoje eu vi uma matéria que todos devem ter visto também. Um carrinho de bebê foi atropelado por um metro e a criança não morreu. Sofreu apenas um arranhão. E a jornalista que não me recordo o nome agora, vem me falar que a criança teve SORTE. Que porra de sorte o que!! FOI DEUS. E eu tenho certeza que essa jornalista acredita em Deus. Mas ela deve achar anti ético falar em suas convicções diante de tantas pessoas que nao acreditam que devem existir no mundo. Eu particularmente só conheço 3: o pai de um amigo meu, meu padrasto e meu sogro. E os três são pessoas maravilhosas, coração bom que DIZEM não acreditar, mas eu sei que no fundo têm muita fé. E os três são pessoas fortes demais. Eu vejo o não acreditar deles, como uma maneira de não fraquejar e continuarem fortes como rocha. Mas eles não me enganam e sei que por trás dessa rocha são uns corações de manteiga de tão mole. Acho que falar de Deus deveria ser como doar órgãos. Quem não acredita que fique na sua. E não o contrário.
A tv deveria ser a primeira a falar de que FOI DEUS QUE SALVOU A CRIANÇA. Não é pra levar informação?? Por que falar de coisas humanas é mais normal que falar de Deus?? Até quando o homem vai ter a pretensão de achar que Deus é um adicional à nossa vida? Deus é TUDO. É Ele que guia nossa vida e se Ele não quiser meu bem, não rola. E é tão bom o bichinho que mesmo com tanta ingratidão, continua amando à todos sem restrições. É engraçado como todo mundo faz suas orações quando precisam e sabem conversar com Ele à sós. Mas na hora de expor para o mundo, as pessoas ainda fingem que não são religiosas e que a vida terrena vale mais. Mas pra cima de muá não! Eu vivo Deus, respiro Deus e falo com Ele o tempo todo. Meu subconsciente é Deus. Meu consciente é Deus. Eu não tenho sorte. Eu tenho Deus. Vocês acham que ganhar na loteria é sorte? Que ilusão. Você vai ficar rico, mudar sua vida e vem me dizer que é sorte? E onde fica a justiça divina? Onde ficam seus karmas e propósitos da existência? Aí nessa hora é sorte. Mas na hora do desespero é Deus. Faça-me o favor!!
Me desculpe meu Deus, mas eu fico indignada com isso. Eu sei que o Senhor sabe que somos ignorantes e cometamos o disparate de Te ignorar e mesmo assim Você deve sorrir e pensar “é ignorância minha filha…mas amo todos vocês.” Ignorância ou não, está mais do que na hora das pessoas deixarem de serem ridículas e admitirem que quem manda nessa porra é o SENHOR.

Desculpem mais uma vez alguns palavrões, mas quem já esta acostumado com meus textos sabem que eles são um desabafo pra mim.

E pra você que tem sorte, boa sorte…pq eu tenho é DEUS mermão!

Um final de semana cheio de alegrias para todos!! Muito obrigada pelas visitas e principalmente pelos comentários.

Rebeca, obrigada pelas lindas palavras e não se preocupe que eu já pensei muito sobre esse assunto que você quer abordar e em breve farei um texto com as conclusões que eu tirei à respeito! ;)

Beijos e fiquem com DEUS.
P.S: Mudei a enquete!! Lado B ganhou, mas tive uma nova ideia!! Vejam se gostam!!

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Significado dos sonhos


Depois de ler um pouco sobre sonhos e analisar os meus constantemente, cheguei a seguinte conclusão:
Temos que unir todos os ensinamentos. Segundo Sigmund Freud, os sonhos são tudo aquilo que você teme ou que você deseja.
Segundo o Livro dos Espíritos codificado por Allan Kardec, os sonhos são as lembranças do que nosso espírito andou passeando enquanto dormíamos. Ele diz que esses passeios podem ser no presente, lembranças do passado ou premunição do futuro. Diz que enquanto nosso corpo descansa, nosso espírito aproveita pra dar um rolé. E aí ou vamos passear e nos encontrar com outras almas ou vamos investigar nossa vida: ver o que já fizemos no passado ou o que vamos fazer no futuro. E diz ainda que não lembramos completamente dos sonhos porque o corpo humano é uma matéria muito densa e não consegue captar completamente o que nosso espírito viveu enquanto estávamos em vigília. E por isso será impossível lembrarmos de tudo que passamos durante o sono.
E tem também aqueles livros que falam que cada objeto, animal, etc tem um significado. Dizem que sonhar com cobra é falsidade. E sonhar com morte é sorte. Ect, etc…
Uma terapeuta que eu tive, disse que eu deveria prestar atenção ao que eu sentia quando acordava. A sensação que eu tinha ao lembrar daquilo que sonhei. E partindo desse princípio, dividi os sonhos em categorias:
Medos; desejos; passado; presente e futuro. E lembrando que nosso corpo é uma matéria densa e não vamos conseguir lembrar de tudo, então não vamos poder analisar tudo. Teremos que nos contentar com o que a gente lembra e utilizar essa lembrança pra fazer a análise. Uma dica é escrever os sonhos sempre que acordar, pq com o tempo eles vão ficando mais claros até não precisarmos mais anotar. E antes de tudo, analisar com cautela nossos sentimentos. O que você sentiu quando acordou? Medo? Esperança? Sensação de já ter acontecido aquilo? Sensação que aquilo vai acontecer? Essa é a maior prova que devemos acreditar na nossa intuição. É nessa hora que vamos ter que confiar nela. É a principal ferramenta pra analisar o sonho.
Outra coisa que eu percebi com o tempo, depois de muitos sonhos analisados e depois concretizados, foram as aparências nos sonhos. Quando o sonho é mais por medo ou desejo de algo, a impressão que eu tenho é que eu vejo as imagens de longe. Vejo as pessoas pequenas. Como se estivesse vendo de cima. Agora quando é sonho de premunição, vejo e sinto como se estivesse vivendo aquilo mesmo. E acordo muitas vezes sem saber se sonhei ou se foi realidade. E as cores são mais fortes também. Já lembranças do passado, aparecem pessoas que eu nunca vi antes, mas no sonho parecia ter muita intimidade. Ou, pessoas que eu conheço, mas com outra aparência. Lembrando que esse passado ao qual Allan kardec se refere, é do passado de encarnações. Já os do presente, é como se eu tivesse acabado de viver aquilo. Quando sonho que encontrei alguém que não vejo há tempo por exemplo e acordo com aquela sensação de como estivesse acabado de chegar daquele lugar. Mas todas essas conclusões que cheguei, foram analisando os MEUS sonhos. Então não existe um estudo pra comprovar tudo que eu falei. Existe sim, cada estudo separadamente. Então, acho que o mais fácil é cada um ir analisando seus sonhos e esperando as coisas reais acontecerem e com o tempo cada um vai saber identificar que tipo de sonho teve. E à medida que você for analisando e lembrando, eles vão ficando mais claros até você já saber identificar na hora que acorda. Vale olhar no Dr. Google se aparecer algum objeto, animal também.
Outro dia eu sonhei que estava com duas amigas e as duas nem se conheciam (de verdade). E a gente mexia num rato que parecia estar morto. Mas quando eu futucava o rato, ele saia correndo. Aí juntei as coisas: o que eu senti no sonho? Senti um pouco de raiva. Não sabia explicar o porquê. Mas senti raiva. E medo também…uma mistura de sensações ruins. Aí no Dr. Google, vi que sonhar com rato era coisa ruim. Mas oq as duas tinham a ver com isso? Aí não deu muito tempo e me decepcionei com as duas. Foi um aviso. Antes de eu começar a namorar, eu sonhava direto que tava beijando meu namorado. Mas não beijando normal. Por que isso a gente já fazia! Heheheh mas como se estivesse namorando mesmo…tipo, ele já chegava me beijando. Coisas de namorados e não de ficantes como éramos. E aí agora..olha a gente junto aí. Rs. Na época eu até achei que era desejo. Apesar de sentir uma sensação muito forte. Na minha humildade, achei que era desejo. Mas era premunição. Aconteceram coisas idênticas aos sonhos.
Eu poderia passar horas aqui contando sonhos pra vocês entenderem. Mas essas coisas a gente só entende quando sentimos na pele mesmo. E isso é a maior prova que nossa intuição, nossos sentimentos são muito mais relevantes que as convicções humanas e sociais. Àquilo que já falei antes e não canso de repetir: “Não somos seres humanos passando por uma experiência espiritual. Somos seres espirituais passando por uma experiência humana.”

Beijos e muito obrigada pelas visitas e comentários!

Boo!

terça-feira, 13 de outubro de 2009

E a crise chegou aqui também...


Confesso que desde que fiquei desempregada, estava gostando da ideia. Eu tava de saco cheio de tudo que eu fazia. Até agora não sei ainda o que eu quero fazer. Não quero trabalhar em qualquer coisa por trabalhar. Quero alguma coisa que me de tesão.
Mas o fato é que com tesão ou não, o bicho ta pegando e eu to precisando de dinheiro. E isso esta me deixando muito preocupada. Agora tenho que ficar fazendo contas toda hora pra ver se o que eu tenho dá pra isso ou pra aquilo. E isso dá um incômodo danado. Ainda estamos no dia 13 e meu dinheiro praticamente já acabou. Na teoria já acabou. Não posso mais gastar com NADA. Nem tomar açaí na rua. Tenho que guardar o que me restou, caso eu precise comprar algo aqui pra casa.
Esse é o foda de morar sozinha. Pq quando moramos com os pais, temos comida e roupa lavada. Gastamos nosso dinheiro só com coisas pra gente. Mas quando moramos só, nosso dinheiro já é pras coisas da casa. Tenho amigas desempregadas também que vivem reclamando que não tem dinheiro. Mas pelo menos, elas vão voltar pra casa e saber que comida não vai faltar pq os pais não vão deixar. Já eu, tenho que guardar o que seria “pra mim” pra não deixar faltar comida em casa.
Essa noite nem consegui dormir direito pensando no que quero pra minha vida. Pq eu digo uma coisa, posso até estar no perrengue. Mas estou mais feliz do que antes. Não tem nada pior do que vc trabalhar de mau humor. Sem vontade. E era assim que eu estava. Fazendo as coisas por fazer, sem a mínima vontade. Eu tava vendo meu currículo e percebi que toda vez que isso aconteceu (em trabalhar sem vontade) eu pedia demissão. Nunca fiquei em um lugar obrigada. Sempre passei meus perrengues, mas perrengue feliz. Mas agora, eu penso que ao invés de pedir demissão, eu poderia ter proposto algo pra me motivar. Como aumentar meu salário, diminuir minha carga horária…sei lá…quantas pessoas devem se sentir assim no trabalho e não ter mamãe pra ajudar como eu? E são obrigadas a trabalharem pq precisam daquilo pra sobreviver. Só que eu acho que esse problema não é só do empregado. É do chefe também. Primeiro pq é uma droga ficar trocando de funcionário o tempo todo. Isso acaba atrapalhando o desenvolvimento da empresa. E segundo pq um funcionário desmotivado não produz. Quantas pessoas eu ouço falarem assim: “ah, to lá, mas esperando ser demitida…faço tudo errado, falto, etc..” . Acho que todo mundo ganharia se houvesse um acordo pra ambas as partes. E não simplesmente demite esse e coloca outro. E a confiança fica aonde? E a competência fica aonde? Detesto essa história que “ninguém é insubstituível”. Pra mim é exatamente o contrário: ninguém é substituível. Cada ser humano é único!! E no mundo que estamos, se aparece uma pessoa do bem do seu lado, segure. Pq tá foda. Essa selva de pedras tá fazendo neguinho ser capaz de tudo pra se dar bem. Todo mundo vive se decepcionando o tempo todo. Então não me venha com essa história que a fila anda. Pode ate andar. Mas QUALIDADE é pra poucos!
O lado bom disso tudo é que agora estou com vontade de trabalhar novamente. Eu já estava ficando preocupada com minha falta de interesse no trabalho. Pensei que estava virando uma vagal convicta. Essa preocupação súbita pelo menos me tranquilizou. Sempre gostei de trabalhar, sempre dei prioridade ao trabalho na minha vida e sempre fiquei desesperada quando estava sem trabalho. E desta vez, tinha ficado tão tranquila e satisfeita que cheguei a pensar que não tomaria gosto por trabalho nenhum nunca mais.
Esse desabafo me tranquilizou e me fez enxergar o lado bom da coisa: a velha Bruna trabalhadeira está de volta!! Quero trabalhar!! rs
Se tudo na vida tem um lado positivo, acabei de encontrar o meu pra esse perrengue. Meu peito se encheu de esperança. Dei o primeiro passo! Agora é procurar. Se eu não procurar não vou achar não é? Vamos ver qual empresa vai ter a sorte de me ter na equipe!! Hahahahaha uma jovem promissora com um currículo cheio de experiências e o melhor de tudo: HONESTA! Ah hoje em dia isso já é qualidade!! Rs..e além de tudo: MODESTA! Shaushuahushauhsa

Beijos e uma ótima semana de trabalho aos trabalhadores. E aos vagais como eu, não fiquem com dor na consciência. Vamos aproveitar esse momento pra cuidar da gente! eu mesma, vou malhar muito hoje pra extravasar minha angustia! Rsrsrsrsrs

See ya!