segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Senso Comum


É tudo aquilo que aprendemos na nossa cultura. No meio onde vivemos. O que aprendemos na escola, o que parece ser “normal” diante da sociedade. Costumes e hábitos trazidos ao longo da nossa existência. O senso comum me cansa. Ok, somos seres sociáveis e devemos saber viver em sociedade. Mas quando as pessoas vão parar de pensar no senso comum e aprender que a vida é muito mais do que aquilo que se vê no dia-a-dia, que cada ser humano é único e cada caso é um caso?
Esses dias, um juiz dando uma “roubadinha” num local proibido, bateu numa moto aqui em Salvador e o motoqueiro morreu na hora. A família dele está revoltada e luta por justiça. Agora eu pergunto: QUE JUSTIÇA??
Puta que pariu…se o cara morreu e o juiz estava na contra-mão, então é culpado ok? Senso comum. Na “lógica” do senso comum é culpado. Aí as pessoas comuns se revoltam com o juiz, pq aprenderam na vidinha comum que nesses casos o cara é culpado e ponto final. Ninguém pára pra pensar que por trás desse “assassinato” existe um ser humano que, mais do que ninguém, deve está fudido com o que aconteceu. Ninguém pára pra pensar que todo mundo dá aquela “roubadinha” que se vocês forem ver, é muito pequena e a probabilidade dele atingir alguém era mímina. E que juiz ou não, TODO MUNDO dá aquela roubadinha. Mas só porque o cara é juiz, tem que se foder. Porque juiz nessa hora, não pode ser humano como outro qualquer. Juiz tem que se foder. A família do rapaz tem todo o direito de ficar triste com o que aconteceu. Mas eu acho que numa hora dessas, eu não pensaria em culpa. Pensaria apenas na perda. Não perderia meu tempo tentando foder a vida do juiz. Antes, ouviria o que ele tem a dizer. Não o julgaria por uma fatalidade. Ao contrário, teria até pena dele. Sinceramente, eu prefiro morrer do que matar uma pessoa num acidente.
Me parece que ninguém tem a capacidade de ver o mundo com outros olhos senão o senso comum. Só porque teoricamente aquilo era o “certo”, então foda-se analisar a causa, foda-se o que eu penso, foda-se meus princípios morais. O importante é fazer e ser como todo mundo é. É fazer o que todo mundo faria. Pensar com o coração, ter compaixão e tentar pensar como Deus, é piegas, ridículo e fora do comum. E não digo só nesse caso não. Digo em todos os momentos da nossa vida. A maioria das pessoas insistem em pensar com o senso comum. Porque se algo der errado, a culpa não vai ser nossa. A culpa vai ser de ninguém. Deu errado porque deu e pronto. Porque eu aprendi assim na minha cultura e assim eu vou agir. Se eu for pensar, analisar de acordo com o que manda meu coração e de acordo com novas ideias que não existem no senso comum, eu posso ser rejeitado. Posso ser apontado. Posso ser JULGADO. E o pior: posso cometer um erro.
Pois então foda-se todos do senso comum. Me julguem, me apontem. Eu tenho as MINHAS IDEIAS, OS MEUS IDEAIS. E não é pq é mais fácil pensar como todo mundo que eu vou fazer o mesmo. Meu senso é CRÍTICO. E eu analiso tudo e todos antes de apontar um dedo. O mesmo Deus que cuida de mim, cuida do meu inimigo também. E só ELE pode julgar e “castigar” o outro. EU, tenho que fazer a MINHA parte. O que vai acontecer com o outro que me fez mal, não me interessa. Sei da justiça Divina e sei que cada um vai ter àquilo que merece. Eu não preciso ver a infelicidade do outro pra ser feliz. Até porque, quem sabe se o que o outro fez foi intencional mesmo não sou eu. E você? Tem opinião e análise própria ou vai fazer o que todo mundo faz?
Se eu errar, foi pq EU errei e não porque os outros me fizeram errar. Errarei com classe e DIGNIDADE. Mas EU errarei com coragem.

Até.

P.S.: Ando meio revoltada mesmo!

P.S.2: Querer justiça de um CRIME é outra coisa. Não é disso que estou falando!

6 comentários:

Fernanda Maciel disse...

Boo,concordo em classe,número e grau com vc!
Não conhecia esse caso,até pq moro no Sul,mas pelo que vc disse ja deu pra entender bem!
Quem somos nós pra julgarmos os outros?
Imagina como deve estar a cabeça desse juiz,coitado! Ele apenas não causou um acidente,ele matou uma pessoa.
Sabe,acho que algumas pessoas[a maioria] tem a mente muito fechada,tipo "o cara é culpado e deu!".Mas se forem ver ele deve ter tido seus motivos para dar essa "roubadinha",e por causa disso acabou com a vida de uma pessoa.Ou seja,ele,que muitas vezes julga as pessoas,agora está sendo julgado...E o pior é que sabemos que esse caso não foi único,quantos acidentes desse tipo acontecem por dia?Muitooos =/

Por esse e outros motivos que nosso país não vei pra frente! [pronto,falei].Desculpa qualquer coisa ai,mas é minha opinião!
Te amoo Bruna *--*
Beijooos,ótima semana pra vc!

£uh Oliveira disse...

Fodá isso...
Acho que quem nunca andou um pouquinho na contra mão(isso é "roubadinha"?) que atire a primeira pedra. Vc acha que ele iria querer matar o cara e fuder com a vida dele?
Para né?!
A família tem direito de ficar triste sim...
Mas só Deus pra saber como o cara que atropelhou deve tá...
Puts já pensou que terrível,matar uma pessoa.
Deus me livre disso!!

Mas essa é a sociedade em que vivemos,o povo julga sem analisar os lados mesmo!=/

Fica com Deus Bru.

Beijos

Jully Barreto disse...

ahuahuahauhauhauhauhauahuahaua
rindoooooooo até doer do seu comentárioooooooo...
ohhhhhhhh minha anjaaaa alopradinha ahauhauahuahuahauhauhaua
Eu tb amo seu ser a cada minuto... e to adorando essa sintonia... quem explica? ahauhauahuahauhauhaua
Viu... mas eu concordo em partes com o seu post, teoricamente vc tem sim razão em tudo, mas quando o lance é na nossa pele a coisa SEMPRE inevitavelmente muda de figura... imagine (só imagine) se no lugar desse rapaz estivesse alguem q vc amasse muito, seu gato, sua mãe, seu cachorro (animal rs) sei la... qq pessoa q vc amasse muito, vc realmente iria pensar assim??? Pensaria na situação de quem fez a merda? Ainnn sendo muito sincera, mesmo contrariando as razões, acho muito difícil que agiriamos com tanta racionalidade. :(
O buraco é bem mais lá em baixo quando mexem no NOSSO queijo :(

Beijocasssssssssss amo amo amo amo
e para de fuxicar nos meus pensamentos ahuahauhauahuahu

adriano disse...

Assunto bem polemico esse...
Até entendo pelo seu ponto de vista, mas tenho uma visão um pouco mais radical em relação a isso.
Realmente tem gente que preferia morrer do que carregar nas costas a morte de alguém, mas tb tem gente que não tá nem ai pra isso.
Sou totalmente a favor do FEZ MERDA TEM QUE PAGAR... nem que seja a justiça da causa-efeito, mas tem que pagar...
Rebelde eu hein?rsrsrsrs

Tava sumidaço daki...a semana de provas acabou cmg, rsrsrs
Mas to na area.
Saudades de vc Bru..

Bjão
Te adorooooooooooooo

adriano disse...

E assino embaixo do que a Juh disse ai em cima...é bem por ai mesmo, rsrsrs

bjs

Sâmia disse...

Concordo com o que disse, sou aqui de Camaçari, e vi a reportagem na TV. O que aparenta é que as pessoas se preocupam mais, em acabar com o outro, do que sofrer a perda de uma vida.Não cabe a nós julgar,realmente,as pessoas agem, como o outro iria agir, e não como si próprio.

Fica com Deus Boo.