quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Auto-estima


Ninguém está preparado pra amar alguém enquanto não souber amar a si mesmo. Você não pode querer dar ao outro, aquilo que não tem de si mesmo. E nem pode receber do outro, se nem você mesmo se acha merecedor de tê-lo. A auto-estima é o que move nossa vida. Em todos os sentidos. Quem se ama de verdade vai bem no trabalho, no amor, na vida. Se amar é ser inteiro. Não adianta se considerar um bom profissional, se quando se olha no espelho se acha feia. Como alguém pode te valorizar se você acha algum defeito em si mesmo? Só acreditamos naquilo que nos passa segurança. E se você passa insegurança para os outros, como vão acreditar em você? Sim, vc passa insegurança. Não adianta dizer que não. O que está no nosso interior, reflete no exterior. Não adianta mentir pra si mesmo. E não adianta querer que nada dê certo no exterior se o interior está abalado. Pare. Pare o que estiver fazendo, pare de empurrar a vida com a barriga e cuide de você. Em primeiro lugar, assuma que algo vai errado. Assumir os próprios sentimentos não é uma tarefa fácil. Muitas vezes negamos pra nós mesmos que sentimos sentimentos que julgamos inadequados, mas todo mundo sente em algum momento da vida. E só depois disso, pense o que fazer pra mudar esses sentimentos que te colocam pra baixo. Se acha feia? Gorda? Magra? Lerda? Burra? Você pode até ser tudo isso, mas só até quando quiser. Só depende de você. Se você esta gorda, vai emagrecer, se está magra, vai engordar, se é lerda, vai prestar mais atenção, se é burra, vá estudar. Como? Aí é outro problema que vc vai ter que resolver. Mas, VAI TER QUE RESOLVER. Faça uma lista de tudo que vc precisa fazer pra se sentir bem consigo mesma. E vá colocando em prática. Só depois que vc se sentir linda e absoluta, é que vc vai começar a pensar nos objetivos da sua vida, da sua carreira.
Pra mim, nada anda se eu não estiver me sentindo bem comigo mesma. Auto-estima é tudo. Quem se ama, tem tudo.
Todos os dias, muitas forças externas vão acontecer, mas não podemos deixar que essas coisas contaminem nossa mente. Temos que ser e viver a partir das nossas forças INTERNAS. É claro que as forças externas (opinião das pessoas que amamos; acontecimentos que nos chateiam; algo inesperado que acontece…) vão influenciar nas nossas decisões e até humor. Mas não podemos deixar que influenciem na nossa existência. Por isso, nosso interior deve se manter intacto pra aguentar o ataque das forças externas. Não podemos nunca nos esquecer quem somos e de onde viemos. E mesmo que alguém te diga que vc não é digno de algo, só você sabe a sua história, seus valores e princípios. E por mais que a gente se abale qnd somos rejeitados, se formos fiel a nos mesmos, não vamos nos frustrar. Ser fiel a si mesmo é se aceitar como é. É se amar. Pq se vc não se ama, não espere que os outros o façam.
E se amar, não é se achar bonita hoje e amanha não. Nem se achar bom profissional, mas feio na aparência. Nem o contrario. Se amar, é se amar. Por inteiro. Não permita que NADA em você esteja como vc não gostaria que estivesse. Se tem algo em você que vc não gosta, mude. Mas mude depressa.
E não pensem que eu sou a mulher mais bem resolvida do mundo e me garanto o tempo inteiro. Isso é uma luta diária. A cada bombardeada de uma força externa, paro o que estou fazendo na hora pra voltar ao meu equilíbrio. Pq sem ele, sei que não vou poder seguir em frente. Não saio de casa se estiver insegura. Não saio enquanto não me sentir bem comigo o suficiente pra sentir com os outros. Se sentir mal e colocar um sorriso no rosto pra fingir que está tudo bem pros outros é mentir para si mesmo. E isso é trair a si mesmo. Quem trai a si mesmo, não é digno de confiança, nem amizade, nem amor.
Seja digno de você!


6 comentários:

Luana disse...

Quanto tempo não passo aqui...Ho je estou de volta...Saudades de tu na turma da Claudinha...
O beijo!

Mandinha disse...

Nós mulheres somos as que mais sofremos por causa da auto-estima, tudo isso por qe inventaram uma tal de beleza padronizada, onde ser bonita é ser magrinha, cabelo liso e etc... Esqueceram da beleza interior qe é a qe realmente importa, por qe essa tem valor, a exterior é efemera e as pessoas insistem em dar valor a isso.
Qtas mil mulheres não sofrem com a sindrome da beleza padronizada, olha o numero de anorexas, quantas vidas não se perderam nessa ilusão de beleza.
Ser livre é ser lindo!
e voce tia boo é linda!!! :)

£uh Oliveira disse...

Bru,seus textos são fodás,pqp! *.*
A sociedade impõe padrões de beleza,moda,blablabla...
Mas acho que não devemos no preocupar com padrões,o importante é sentir bem com o que vc é,faz,usa.
E a sociedade tem que se "moldar" ao seu jeito de ser.

No mais Carpe Diem ^.^

Fica com Deus,bjos

Rebecca Ribeiro disse...

Seja digno de você! É lindo quando sabemos nos valorizar antes de qualquer coisa, pena que as vezes eu caiu no pecado de achar que os outros sempre valem mais que eu.. =/ ainda mais com a padronização feita pela mídia, onde ser normal é para os fracos! Ai ai..

Adoro seus textos!
Adoro você!

Sinto saudades.

Raphaelen Bittencourt disse...

Eu me amo, amo a mim, a minha alma... se eu não me amar? quem vai ser capaz? ...


love u.

Adne Almeida[PRINCESS] disse...

Realmente, se amar é ser inteiro..e não é à toa que tenho me sentido em partes...a ariadne menina, a ariadne filha, a médica, a irmã, a amiga, a conselheira, enfim... e não somente ariadne.
De todas essas partes sou feita, e elas têm q entrar em harmonia para q eu seja eu...
Pois é, como vc bem sabe, auto-estima nunca foi o meu forte, e tenho batalhado muito para mudar isso...mas acho q preciso me dedicar maisss, com mais garraaa...
E sei que vou conseguir, porque sei quem sou e de onde eu vim! E não é qualquer um que vai conseguir me desmoronar...

Obrigada por tudo sempre, Boo...me emocionei com seu texto, e ainda mais de saber q foi inspirado em mim. Obrigada mesmooo!

Te amo viu?]
Beijos,
Ariadne