sexta-feira, 26 de março de 2010

Blogterapia


Algumas pessoas me perguntam por quê e pra que eu faço blog. Perguntam se não é muita exposição e se eu conto toda a minha vida na Web. E que graça tem ficar escrevendo um monte de coisa e pra quem.
É claro que também já me fiz essas perguntas. Mas foi vendo uma amiga ansiosa pra expor sua opinião em um bate-papo casual que eu encontrei as respostas para todas essas perguntas. Inclusive as MINHAS auto-perguntas:
- Por que você não faz um blog? - Perguntei à amiga.
Notei que ela tinha muita ansiedade para falar. Queria que as pessoas entendessem o que se passa em sua cabeça, mas a sede de falar lhe inquietava e lhe impedia de se expressar corretamente. Ela tem muita insônia porque diz que a cabeça não pára de pensar a noite inteira. Isso é típico de quem tem muitas ideias e precisa compartilhar.
Num blog, você irá expor sua opinião e ninguém vai te interromper. E o melhor: quem quiser saber o que vc pensa, terá que ler o SEU blog. A SUA página. É porque a pessoa quer realmente saber o que VOCÊ pensa. Porque pra vc ler um texto do início ao fim de uma pessoa “desconhecida” e amadora em escrita, você tem que realmente se interessar de alguma forma pela pessoa. Significa que vc nunca será inconveniente em suas palavras. Porque vc não está expondo sua opinião simplesmente e obrigando ninguém a ouvir. É A PESSOA que está indo ao seu encontro e procurando saber a sua opinião.
Sabe quando você tem ideias boas e um monte de coisa pra falar, mas normalmente as pessoas ao redor não tem muita paciência pra ouvir?? Alguém já falou que você fala demais e não deixa ninguém falar? Pois então. No seu blog você pode falar à vontade. Não vai incomodar NINGUEM. Quem quiser saber o que vc pensa vai entrar e vai ler por livre e espontânea VONTADE. Não é o máximo?
Aí depois desse começo super confortante, com o tempo você descobre outras pessoas iguais a você com outras opiniões e mais coisas pra te ensinar. E alem de escrever, passar a ler outros blogs. Sinceramente, não tem terapia no mundo melhor que essa.
Com isso tudo você desabafa e ainda acha pessoas mais loucas que você. E vê que alem de não estar sozinho no mundo, seu mundo talvez seja o menor de todos. E seus problemas passam a ser mínimos diante do mundo inteiro. Não é que vc vá encontrar pessoas com mais problemas que você. Pode até acontecer, mas isso não é tarapia de grupo. O caso é que você percebe que enquanto você tem sonhos, medos e desejos, o mundo continua funcionando independente de você. E isso é tudo.
Por tanto, se você ainda não fez o seu, faça. Não temos nada a perder, só a ganhar. Pelo menos aqui ninguém quer fuçar pra saber se você está mais gorda ou namorando ainda. Que seja, mas em uma outra proporção. O que as pessoas querem saber mesmo é o que se passa na sua mente. É no mínimo menos fútil que orkut e afins.
Aí eu não entendendo como tantas pessoas se expõem tanto em sites de relacionamento e tem vergonha de expor o que pensam. Eu pelo menos escrevo como se ninguém fosse ler. Como se fosse pra mim mesma. Pq no fim, o que vai importar mesmo é o meu desabafo de energia acumulada num cérebro pensante. O resto é lucro: as amizades, as trocas de conhecimento…
Blogspot.com, depois passo no setor pessoal pra pegar meu cache! Rs..

See ya!

9 comentários:

Maldito disse...

Penso que hoje em dia fazer um blog nem é problema,.. mantê-lo sim é uma grande questão!
Inté!

Sâmia disse...

É mesmo Boo, quando a pessoa tem muitas idéias e ninguém tem paciência pra ouvir, o melhor mesmo é escrever, eu gosto mais de escrever que falar, é um alívio. Também já pensei em fazer um blog, mas sei lá, sempre volto atrás, mantê-lo não é fácil, realmentee. rs
E você não deixe de postar viuu ?!

Adoro você.

Jully Barreto disse...

ahuhauahuah adorei!
Vivo tendo crises "bloguísticas"... adoro poder ter um espaço so meu e tb sinto essa necessidade de falarrrrrrrrrrrrr, mas na maioria das vezes me questiono se o blog, melhor dizendo, o cyberespaço e todos que a ele têm acesso é o melhor lugar para tais desabafos, alguns que talvez não contaria pra qualquer pessoa...
Concordo que, como em quase tudo nessa vida, manter um blog é mais difícil do que simplesmente cria-lo. E mesmo você dizendo que posta pra si mesmo, custo acreditar que não sinta curiosidade (nem que seja uma pontinha) do que os outros vão achar e comentar. Por que caso contrario não precisaria utilizar-se de ferramenta pública, qualquer folha de papel serviria.
E outra, não posso falar do período antes de nos conhecer, mas desde que você começou a postar aqui nunca deixou de receber comentários, seja de pessoas amigas que te admiram (e nessas me classifico), seja de pessoas que simplesmente te conheceram através do seu trabalho ou curiosos. Sendo assim... fica até difícil dizer que não "se importa" se recebe ou não comentários, afinal nunca ficou sem eles. rsrs
E se ficasse, perceberia o quanto é sem graça postar pra ninguém. Falo com propriedade. rsrsrsrs
Mas enfim... de crise em crise eu continuo firme. Adoro blogar, ler blogs interessantes como o seu e debater o que me instiga. A proposito descordo quando vc diz que Orkut e afins são fúteis, acho que tudo (inclusive a própria internet e tudo que ela oferece) depende da maneira e da finalidade para qual são utilizados.
Agora chega... q sempre q venho aqui faço um POST nos seus comentários. rsrs
Tava com saudade de vc aqui e continuo com saudades de vc no MSN. rsrsrs

Beijocas
AMO

Ju

Mariana Teles disse...

Eu acho isso LINDO! São poucas as pessoas que conseguem passar tudo o que sentem para o "papel" de forma clara, independente da linguagem que usam...
Acredito que é um tipo de dom neh?!
Se colocam um papel e lápis ou um blog e teclado na minha frente não vão conseguir NADA. O máximo será alguns desenhos no tal pedaço de papel. Eu falo através deles!
E o mais engraçado de tudo isso é que cada pessoa tem um jeito muito próprio de mostrar as milhões de idéias que passam na cabeça a cada segundo. Umas optam por escrever, outras por falar, outras por desenhar e algumas preferem guardar... Acredito que o mais importante é tirar tudo isso de dentro de você, caso contrário ficamos igual a tua amiga, não dormimos por conta da cabeça!
Portanto, continue escrevendo por aqui e "expulsando" os sentimentos de dentro de você. É bom ler seus posts, mesmo que comentando RARAMENTE.

Um beijo grande.
Cuide-se e fique com Deus.
Mariana Teles!

bê disse...

ahhhhhhhhhhhhh eu adoro

a proxima vez q te perguntarem pq vc tem um blog, responda:

pq a bê gosta de ler! hahahaha


pronto. problema resolvido!!!

beijosssss... e se vc n postar antes, e se eu n vier comentar antes tb, rsrsrs, feliz pascoa, excelente feriado....

para q lugar lindo e magico da bahia vc vai dessa vez?rs

bjsssssssssss...

stefny disse...

Já pensei muito em fazer um blog,tenho o seu aqui nos meus favoritos hahahahahaha e gosto de ler érrr bjo saudades !
FAny;

£uh Oliveira disse...

Muito bom Bru. Quase me convenceu a criar um blo,rsrs...
Mas já chega de páginas na internet. Ñ to dando conta nem dos meus emails direito!! XD

Enfim, seu blog é o "mio" que tá tendo. E vê se ñ fica anos luz sem escrever, gosto de entrar e achar um texto pra ler! *--*

BeijOs e fica com Deus.

ps:Feliz Páscoa, que o Senhor Jesus abençoe sua família. (:

cyber disse...

Já tentou a carreira na política? “C” tem uma facilidade em convencer... Maaaaaaaas sou do contra (6)!! Quaseee criei um blog.. Mas coloquei na balança e sinceramente tem varias vantagens p/ se criar um blog eh poder compartilhar muitas coisas, fotos fazer dele um caderno on-line, eh ate divertido , você pode colocar musicas, escrever algo e ver o que geral acha, mas no meu caso o que pesou foi perde muito tempo ajeitando, arrumando e tipo, eu sou muito preguiçosa até meu fotolog deixei de lado!A preguiça falou mais alto!Mas é muito proveitoso ler seus posto ;).

Ah! Se você algum dia se candidatar que seja no partido do PT, viu?! Se n... Meu voto vc n vai ter... hahaha

Bj Bru.. *___________*

£uh Oliveira disse...

Aparece Bru, arg/