quarta-feira, 20 de maio de 2009

Alegria alheia incomoda


Tenho observado ultimamente; na verdade eu sempre observei todos os tipos de comportamentos, inclusive esse, mas ultimamente isso tem me chamado bastante atenção: como algumas pessoas se incomodam de tal forma com a felicidade alheia a ponto de querer atrapalhar a vida do outro. Coisa que antes eu achava que só acontecia em novela e com vilões, hoje vejo no palco da vida com pessoas boas protagonizando atitudes desonestas. E sem intenção, por favor.
O pior de tudo é que eu percebo que é sem intenção mesmo. É que a pessoa fica tão presa em seu mundinho limitado, que não percebe que aquilo/acolá pode prejudicar o outro e acaba fazendo por instinto. Instinto esse ruim é claro. Que nasceu com aquele ser cara de anjo. Coisas bobas, pequenas, do tipo “Ah, você ainda queria aquilo? Que pena, joguei fora” sendo essas duas pessoas amigas – ou pelo menos se dizem tal – e sabendo perfeitamente o gosto uma da outra. Mas mesmo assim o malvadinho(a) “finge” que não sabia que seu amigo queria aquilo lá, simplesmente por preguiça de ter que guardar por exemplo.
Eu acho que esse tipo de “falta de atenção” com o próximo, é na verdade uma inveja incubada. Uma coisa é vc não conhecer muito bem uma pessoa e fazer algo que a desagrade sem intenção. Outra coisa é vc dizer que ama uma pessoa e fazer uma série de coisas que magoam o amigo, mas sem intenção. Simplesmente por “falta de atenção” “desculpa, não sabia que isso te magoava”. Pra cima de muá?
Antigamente eu até acreditava na inocência das pessoas. Mas a vida me ensinou que adulto sabe o que faz. E não me venha com essa de que não tive a intenção não. É inveja incubada mesmo. Assim, fazendo sem intenção, a própria pessoa se isenta de culpa por magoar alguém próximo. É uma maneira que esse tipo de pessoa encontra pra praticar o mal, sem levar a culpa no final. É um “eu finjo que foi sem querer e vc finge que acredita”. E isso pra mim tem nome: desvio de caráter.
E o que eu mais tenho reparado nisso, é que normalmente esse tipo de deslize que cometem, foi em relação a algo que o agressor oculto (perfeito!! rs), não tem e gostaria de ter, mas o outro tem. Aí prejudica o outro exatamente NAQUILO que “incomoda” ele...e o pior de tudo, é que depois qnd a pessoa descobre que prejudicou muito ou pouco seu camarada, fica ressentidíssima de verdade. Acho que é pq cai a ficha que agiu mau.
Não estou falando de nenhuma situação específica. Estou falando de situações diárias que eu tenho percebido que pessoas próximas a mim têm feito. Detalhes que fazem a diferença na vida do outro. É só uma questão de se colocar no lugar do outro...é só uma questão de se PREOCUPAR com o ser humano, independente do grau de intimidade, sabe? Coisa que pra vc é uma besteira, mas pode prejudicar alguém de alguma forma...é uma questão de viver a vida pensando nos outros. E não só fazendo àquilo que é conveniente pra você. E não estou me incluindo fora dessa não. Eu posso ter feito algo que prejudicou alguém sem querer, até mesmo por estar de mau com a vida no dia e ter me incomodado mesmo alguém dando risada demais...já fiz grosseria com pessoas que não mereciam só por estar de mau comigo. Mas estou sempre me perguntando se àquilo que pretendo fazer vai prejudicar alguém. Agora tem gente, que não ta nem aí. Vai vivendo seu mundinho deixando cair sujeira nos outros mundo, sem se incomodar. Aí isso deixa de ser sem querer e passa a ser “sem querer querendo”.
Não sei se consegui me expressar direito e se quem ler vai entender o que eu quis dizer...mas foi um desabafo. É foda viver nesse mundo cão que vc não sabe em quem pode confiar. Que a maioria das pessoas estão tão preocupadas consigo próprias que são capazes de tudo pra conseguirem o que querem. Ainda bem que temos Deus pra impedir algumas injustiças. Pq aí meu bem, ninguém pode...tente prejudicar o que FOR..se eu, você, não merecer...nao tem SANTO que faça acontecer se ELE não quiser. Bau-bau.

Kisses

6 comentários:

Maria Clara Tavares disse...

Eu nunca acreditei na inocência das pessoas... Só as crianças - e olhe que as vezes acredito não acreditando -, hoje em dia com tanta informação acho meio dificil. Na verdade, não é uma questão de inocência e sim, de imprudência. Acho que essa é a palavra certa. Certas pessoas não costumam calcular o seu espaço, e acabam "pisando na linha do quadrado do vizinho". Isso de certa forma causa uma irritação,incomodo.

Cristtiane Melo disse...

Falou tudo Bruna! O tanto de gente hipócrita que tem por aí 'não tá no gibi'! E o pior é que se utilizam de um sinismo irritante pra poder comprovar a sua inocência. Mundo doido, meu Deus!
Eu nunca mais tinha vindo aqui, acostumei a ir só no fotolog, mas fez falta :~ Ah, você escreve muito bem Bruna, parabéns ;D

Beeeijo :*
fotolog.com/criis_ms

Jully Barreto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jully Barreto disse...

Ainnn linda isso é bem sério, entendi sim o que vc quis expressar e concordo com vc.
Sei que já dei muitasssssssss mancadas por achar "que não era tanto assim", afinal n estou isenta de erros.
Mas o mais importante, consiste nessa consciência de que o tal "foi sem querer" não deixa de ser um ERRO seja doloso ou não.
Na realidade, a base esta nas suas ultimas linhas: DEUS, alias na AUSÊNCIA DE DEUS. Vivemos num mundo selvagem, onde o bom é o que chega ao topo, não importando os meios usados. E isso é triste... bem triste! Por isso desejo e oro tds os dias para que DEUS possa esta sempre presente na sua vida, e mesmo que não seja possível te livrar dessas ciladas (afinal, algumas dores são necessárias , nos fazem crescer) que ele ao menos caminhe ao seu lado, tornando a realidade um pouco mais branda.

Ps. Sei que já pisei na bola (feio) com vc. Mas de uma coisa posso te dá certeza, não pretendendo repetir (rsrs se não pode me bater), por tanto... pode contar, viu?

Doloooo oce e estou sentindo sua falta! Espero q esteja bem :)
beijocas esmagadas!

bê disse...

é... e isso é mais comum do que a gente pensa. ou vê...
mas a vida ensina.
eu tinha uma ''amiga'' que era exatamente assim.
''ahh.. bem fui ver aquele filme com o pessoal, ate pensei em te ligar, mas tava tarde...''

e dai pra la.
mas sempre, sempre me excluindo ou me prejudicando.

mas Deus é perfeito em tudo. faz as coisas fluirem e irem para seu devido lugar de uma maneira tao natural, que a gente nem percebe.

Graças a Deus afastou de mim nao só essa ''amiga'' como outras pessoas que eu nao percebia o quanto me faziam mal.

A vida segue seu rumo.. o meu rumo, eu ainda nao sei qual é exatamente, mas a minha vida, está nas mãos Dele. isso é um fato.

bom final de semana, te adoro!!

Fe Carrijo disse...

Alguns dias sem vir aqui e hj me deparo c esse texto onde vc sim, se expressou mto bem!! Diariamente somos surpreendidos c algumas situações q pqp, quem poderia imaginar...rsrs Ainda bem q, tbm diariamente, crescemos e aprendemos a conhecer as pessoas (pelo menos acredito nisso, msm q ainda seja preciso nos decepcionarmos c algumas). Fazer o q!? Continuar vivendo e convivendo, nos surpreendendo e aprendendo c cada (p alguns) insignificâncias...Bjo