sexta-feira, 25 de setembro de 2009

O mundo invisível


Hoje tive um dia muito pesado. Fui no enterro da vozinha de meu namorado e apesar de não conhece-la em vida, ao ver todas àquelas pessoas que a amavam mal, me fez absorver também a tristeza. Eu nunca perdi alguém tão próximo a mim…mas pude sentir essa dor hoje.
Embora esse seja um assunto um tanto delicado, eu não poderia deixar de dividir essa experiência com quem passa por aqui. Acho que não é novidade pra ninguém que eu sou espírita. Nasci num seio onde a maioria da minha família é espírita. E meu pai, trabalha num centro espírita, ajudando como médium, realizando cirurgias espirituais. Confesso que já senti vergonha disso no passado. E apesar de acreditar e saber o trabalho lindo que ele realiza, ajudando tantas pessoas, esse assunto um tanto polêmico, já me fez evitar de expor meus sentimentos sobre o assunto. Mas já me convenci que quem não acredita ainda, ou melhor, não aceita, tem resistência sobre esse assunto, um dia vai ter provas concretas. É um fato. Mas cada um terá seu tempo. A reencarnação é a única explicação para a injustiças sociais. Se Deus é justo mesmo, então pq fez uns pobres e outros ricos? Já ouvi falar que era por culpa das coisas que nossos antepassados fizeram. Mas ora, isso não seria justo, seria? Justo é cada um ser responsável pelos seus atos. E se fulano é assim hoje, foi pq agiu assim ontem. Em outra vida. E se estamos nessa pra rever nossos erros do passado, então vamos evoluir. E se pretendemos evoluir, teremos ainda muitas vidas pela frente. A vida não acaba nunca. Se acabasse, que pra que vivemos então? Já que vai acabar, então vamos infringir as leis e fazer coisas erradas. Mas pq temos remorso? Pq sabemos que vai continuar sim. Mas é muito mais cómodo acreditarmos que vai acabar. Pq se não for assim, teremos que ser corretos demais pra merecer cosias boas no futuro. Então é melhor que esse mundo permaneça oculto, pq assim nos insentamos de saber e errar. Se não sabemos e fazemos, logo somos ignorantes. Se somos ignorantes, logo, não temos culpa. Só que eu sinto informar aos navegantes, mas uma hora o vida vai lhe cobrar essa sabedoria. Ou vc procura estudar e se informar agora, ou então vai aprender na tora, sentindo dor. Quem não aprende no amor, aprenderá na dor. Essa lição acho que todo mundo já sabe.
Dentre tantas provas que eu já vivi sobre isso, hoje me aconteceu outra muito forte. Quando eu cheguei do enterro, comecei a tremer e chorar compulsivamente. Eu sentia uma dor tão forte no peito, como se eu tivesse perdido minha mãe. Ou como se eu mesma tivesse morrido. Uma sensação que acabou, não tem mais votla…e liguei pró meu pai que me informou que já estava chegando na minha casa. Quando ele chegou, rapidamente o espírito guia dele incorporou e fez um socorro espiritual num espírito que me perseguiu do cemitério. Eu sou médium física e sensitiva. Sinto o que os espíritos que se aproximam de mim sentem. De dor física a sentimentos. E fui intimidada a estudar sobre mediunidade pra saber lidar com ela. Sempre tive muito medo de me aprofundar nesse assunto. Pois já tive varias experiências extra-humana digamos assim…tenho varias historias pra contar. Mas quanto mais eu estudo sobre o assunto, quanto mais eu leio, quanto mais eu aprendo, mais eu percebo que não sei nada, que ainda tenho muito o que aprender sobre o mundo invisível e que ele tem muito o que me ensinar! E acho que esta na hora de discutirmos esses assuntos como naturalidade. Sempre ouvimos historias de vizinhos, amigos…sabemos que em algum lugar existe..ate quem não acredita, não tem certeza que não existe. Mas o medo de falar, o tabu sobre assunto, faz com que as pessoas prefiram fingir que não acreditam. Acham que tudo que nos acontece é coincidência. Mas pra mim, não existe coincidência. Tudo acontece pq tem que acontecer pra nossa evolução nesta vida com ajuda do plano espiritual. Se Deus é perfeito, é claro que Ele ia nos deixar um plano de vida perfeito que explica tudo. É muita pretensão a nossa acharmos que somos os únicos do planeta. Os espíritos e as pessoas que se vão, devem rir da nossa cara de “somos os únicos do universo.” O fato é: não estamos sós! Nada se perde, tudo se transforma!

Depois não digam que não avisei…

See ya!

7 comentários:

Fãs Sem Clube disse...

UAU!!
Fui lendo e ficando mais boquiaberto...
Ja conversamos diversas vezes sobre isso né Bru?
Sou fã assumido do espiritismo...pelas respostas de perguntas que ng realmente sabe explicar, pela doutrina justa...nossa, N motivos.

Ando meio afastado disso...mas acho que é por falta de vergonha na cara mesmo, pois sei o quanto é bom!

Bjs

Jully Barreto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jully Barreto disse...

Antes mesmo de ter uma religião definida, sempre vi o Espiritimos com uma certa repulsa, por não acreditar em suas crenças, e tambem por um pouco de ignorância e desinteresse no assunto.
Sempre acreditei muito em DEUS, mas a um ano atrás passei por uma experiência única e conheci a um DEUS muito diferente do que achava conhecer. Hoje sou evangélica, e apesar de não defender a bandeira da religião mas sim a do DEUS que transformou a minha vida, não posso negar que foi no protestantismo que eu pude me encontrar.
Achei interessante você abordar esse assunto, por que recentemente tenho me interessado em saber mais das coisas, em estudar mais e assim poder ter opniões centradas, com embasamento.
Acredito piamente na PERFEIÇÃO de DEUS e no amor que Ele nos dá como verdadeiro pai que afaga mas que também corrige quando se faz necessário.
E fé é isso... respeito muito e estou de ouvido abertos a aprender e formar as minhas próprias verdades.

- Ps. Fiz um POST praticamente rs
Mas gostei do assunto me inspirou a postar no meu blog tb... rsrs depois passa la.. vou cita-la! rsrs
Beijocasssssss amo

Tininha disse...

Hoje não vou comentar, apenas silenciar e guardar cada palavra lida!

Beijo, Bruna!

Tuanny Dias disse...

Boo eu não frequento ñenhuma casa espirita mas me interesso muito pelo assunto...no momento estou ateh lendo um livro espirita q se chama NA HORA DO ADEUS de Irene Pacheco Machado.

Aprendi a respeitar e a "entender" o Espiristimo...ela assim como eu é apenas simpatizante mas ela gostaria muito de se apronfundar...Qbom q vc ta estudando quem sabe um dia vc possa passar um pouco do seu entendimento pra mim e pra minha mãe.
Bjus

Jully Barreto disse...

Premiei o seu espaço com uma selo, espero que goste, dá uma passadinha no meu blog pra conferir!
Beijosssssssssssss


---
Por que será que só blog de barraco ou desabafo dá ibope? =X

£uh Oliveira disse...

Nossa Bru que forte isso que vc escreveu!
Meu irmão tem uma amiga que vê espirítos e a namorada dele é orfã de mãe(ela morreu de acidente qdo a menina era pequena). Um dia essa amiga chamou eles em um canto e disse que a mãe dela tá sempre com ela,tomando quanto deles...
Ai a moça disse que a mãe dela tava ali e na hora eles sentiram o perfume dela. Meu irmão que ñ acredita nessas coisas ficou arrepiado e espantado com o fato.

Acho que quando não é a hora deles partirem ou porque querem ficar pra proteger alguém,eles não descansam...


Assunto massa a ser discutido esse Bru! ^^

No mais,Beijão e fica com Deus!