terça-feira, 7 de abril de 2009

A arte de conviver com diferentes mundos...



Viver é mesmo uma arte..conviver, meu amigo...FAZ PARTE!! Rsrsrsrsrs
Antigamente eu achava que era obrigada a aceitar as pessoas como elas são. Engolia sapos bois só pra manter as amizades. Depois com o tempo, fui aprendendo que não, eu não era obrigada a conviver com certos tipos de pessoas. Que quando uma pessoa faz mal à gente, que podemos sim ligar o foda-se e boa sorte. Só que depois disso, vem as lembranças da parte boa que àquela pessoa nos proporcionou. E aí vem aquela indaga do que pesa mais: se os defeitos ou as qualidades da pessoa. Quando as qualidades vencem, temos sim que engolir aqueles defeitinhos básicos que nos incomodam. Até pq, se não fizermos isso, vamos acabar sozinhos no mundo sem nenhum tipo de relação.

Cada pessoa tem sua forma de demonstrar sentimento e isso é muito complicado. Pq sempre esperamos uma recíproca verdadeira. Mas junto com cada pessoa vem uma bagagem: costumes, cultura, criação, valores...e por isso não podemos exigir que ninguém tenha atitude igual à nossa. Minhas amigas sempre me disseram isso...a vida inteira...hein Carol? : “Bruna, as pessoas não são iguais a você!” ok ok...hoje eu já aprendi isso. Mas é muito difícil aceitar certas atitudes. Ate que ponto vale a pena manter um relacionamento com uma pessoa que não te trata como vc gostaria, simplesmente pq é o jeito da pessoa...sim, temos que aprender a conviver com as diferenças...mas é frustrante vc esperar algo de alguém e essa expectativa não ser correspondida.

Em função disso, resolvi mudar. Parei de querer mudar as pessoas. Quando se quer uma mudança, não se deve mudar a si primeiro? Pois bem. A partir de agora ao invés de querer que me dêem o que eu dou, eu vou dar o que me dão. Ohhhh pq não pensei nisso antes?? Hehehehe assim eu paro de ser chata (sim eu sou chata, ciumenta e cobrona) e não por vingança, mas ai a pessoa vai poder se sentir exatamente como eu me sinto. E assim eu vou sofrer menos. Já que não vou esperar mais nada de ninguém...esse é o segredo! Não esperar nada. É a expectativa que frustra. Pois então...

Tenho praticado isso e tem dado super certo. É aquela história de “devemos dar valor às pessoas de acordo com o que elas merece: nem mais e nem menos.” O negócio é só saber identificar quem de fato merece. E até mesmo dar oportunidade à pessoas que nos tratam tão bem, e às vezes passa despercebido...se cada cabeça é um mundo e é tão dificil compreender as razões do outro, entao o melhor remédio é se adaptando à ele. Ao inves de esperar que se adaptem à vc!


Uma semana iluminada à todos!!

6 comentários:

Jully Barreto disse...

CERTÍSSIMA!!!
Precisava ouvir (ler) isso... to cafunsa, muito cafusa! "o problema é do mundo ou EU sou um mundo de problemas?" ahuahauahuahuahaua

bê disse...

hummm.. bom, isso eh ''uma faca com dois legumes'' como cantavam os mamonas assassinas..rsrs

pq vc pode esbarrar no ''ser ou nao ser, eis a questao'' ...

vai mudar a sua maneira de ser com as pessoas, pq elas nao te dao o q vc quer? entao vc esta se adaptando 100% a elas, e esquecendo do como vc realmente é?

vamos imaginar uma situação...

vc boladona de ciume por um ser. [assim, algo abstrato sabe, q jamais aconteceria..rsrs..]
vc tem duas opcoes:
- agir como vc sempre agiu, sendo altamente transparente.
- agir como o SER age com vc, [vamos supor q ele seja mais frio, nao sinta tanto ciume].

sua opcao hj, é fazer o q o ser faria. ja q é assim q ele age com vc, vamos agir assim com ele tb. certo? mas e ai.. isso vai te fazer bem? vc vai agir friamente, e abstrair, ou vai agir friamente tendo um surto interno???

nao estou dizendo q as pessoas nao podem mudar. nao so podem como devem!!!
mas existem certos pensamentos e atitudes q fazem parte de nos, da nossa pensonalidade...

sendo assim, pense com mt carinho.. essa mudança vai te deixar feliz e satisfeita?

se sim, ok, fico feliz tb=]
se nao, bom, aí bruninha, entre no esquema no ''ame ou deixe-me''

beijao

Adne Almeida[PRINCESS] disse...

Nossa Boo...cada vez mais tenho visto que este seu espaço me faz tanto bem! Também tive sempre este problema de esperar dos outros o q eles não podem me dar...seja por conta de diferenças culturais, ou diferenças de personalidade! E acho q vc está mais que certa ao dizer que as mudanças devem começar por nós mesmos, ao invés de esperar que os outros mudem! E ainda "devemos dar valor às pessoas de acordo com o que elas merecem: nem mais e nem menos.”

Muito obrigada mesmo pelas palavras!
Saudades suas!
(PS: Preciso conversar contigo! e também sou ciumentaaaa...rsrsrsrsr)

Bjssss e boa semana e feriado!

Karina Rebechi! disse...

"Depois com o tempo, fui aprendendo que não, eu não era obrigada a conviver com certos tipos de pessoas. Que quando uma pessoa faz mal à gente, que podemos sim ligar o foda-se e boa sorte"

Acho que todo mundo passa por isso...
Liguei o foda-se ano passado,e nao é que deu certo!
kkkkkkkk

gostei do post!

bj

Tia Boo disse...

mas be..eu nao quis dizer que eh pra gente FINGIR que nao liga nao..é pra NAO LIGAR DE VERDADE!! Nao dar importancias à coisas que nao merecem importancia..sacou??
;) beijo gata

Mel disse...

Bruuuuu,tanto tempo sem passar aqui... Até pq,férias em frente ao PC não são férias!!
Tem uma frase que não sei de quem eh... Mas que reflete isso que escreveu...

"Não são as pessoas que nos decepcionam,mas nós mesmos,já que esperamos que façam exatamente como faríamos!"

Semana de luz pra nós!!!
Milhares de bjs